Notícias | Dia a dia
Coric elogia Wild e diz que rival foi melhor no 3º set
21/02/2020 às 07h00

Coric sofreu para superar Wild, mas levou a melhor em três sets e agora está nas quartas de final

Foto: Fotojump
Felipe Priante

Rio de Janeiro (RJ) - Vitorioso no encontro com o paranaense Thiago Wild, o croata Borna Coric destacou bastante o desempenho do rival após precisar de três sets para alcançar as quartas de final do Rio Open, marcando parciais de 6/3, 1/6 e 7/6 (7-5). O quinto mais bem cotado ao título enalteceu a grande partida feita pelo brasileiro de apenas 19 anos que pela primeira vez enfrentava um top 50.

“Sabia que seria uma partida dura, ele estava jogando em casa e na rodada anterior aproveitou isso muito bem e teve grande desempenho. Acho que no segundo set eu acabei perdendo um pouco o embalo e no terceiro set ele parecia ser o melhor jogador em quadra”, comentou Coric, que terminou com mais bolas vencedoras (30 a 29) e menos erros não forçados (15 a 22).

Questionado sobre as impressões que teve de Wild, o croata teceu vários elogios e reforçou o bom jogo feito pelo brasileiro na reta final. “Ele é um grande jogador, nunca o tinha visto antes, mas deu para perceber que seu forehand é muito potente e o revés bem firme. O saque precisa melhorar, mas acho que sacou muito bem no último set”, analisou.

Coric também falou sobre seu desempenho nos pontos importantes. “Salvei vários break-points, principalmente no terceiro set. Não estava muito afiado e meu desempenho nos ralis ficou um pouco abaixo, por isso foquei no saque, que é uma das minhas grandes armas”, comentou o croata, que na próxima rodada enfrentará o italiano Lorenzo Sonego.

“Nunca nos enfrentamos e a primeira vez que treinamos juntos foi agora há pouco em Buenos Aires. Vou estudá-lo para o nosso jogo”, falou o croata de 23 anos e atual 32 do mundo, que irá garantir o retorno ao top 30 com uma nova vitória e pode chegar até o top 20 novamente se sair do Rio Open com o título.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis