Notícias | Outros
Nas quartas em Brasília, Natan se aproxima do top 10
20/02/2020 às 08h05

Natan Rodrigues é o principal cabeça de chave do torneio Sul-Americano Individual

Foto: Marcello Zambrana/CBT

Brasília (DF) - Principal cabeça de chave do Sul-Americano Individual de 18 anos, que está sendo disputado no Iate Clube de Brasília, Natan Rodrigues está cada vez mais perto do top 10 do ranking mundial juvenil da ITF. Atualmente na 11ª posição, o baiano garantiu vaga nas quartas de final do importante torneio de graduação JB1 (que oferece 300 pontos ao campeão) depois de superar na última quarta-feira o argentino Valerio Aboian por 6/1 e 7/5. A campanha até as quartas já rende mais 100 pontos no ranking. Ele defende apenas 60 na semana.

"Eu não tive um bom fim de ano, mas confiei no trabalho, confiei na minha equipe. Fiz uma boa pré-temporada nos Estados Unidos e arranquei ganhando um título na Costa Rica. Foi um divisor de águas para ganhar confiança. O resto, é só deixar fluir o que está dando certo. É sempre muito bom jogar aqui em Brasília, que tem as condições em que gosto de jogar", destaca o tenistas, que na última semana chegou à final do Banana Bowl em Criciúma (SC).

Natan não é o único brasileiro nas quartas de final no torneio. Na próxima fase, ele enfrenta Richard Gama, que nesta quarta superou o colombiano Mateo Gomez por 2/6, 6/2 e 6/4. Além deles, Bruno Oliveira passou com vitória sobre Francisco LLanes (Uruguai) por 6/2 e 6/0 e agora enfrenta o compatriota Nicolas Zanellato, que venceu Alex Barrena (Argentina) por 2/6, 7/5 e 6/0.

Segundo cabeça de chave, o paulista Gustavo Heide fez um jogo duríssimo contra o argentino Ezequiel Monferrer. Em duelo paralisado pela chuva, a vitória foi brasileira por 6/3 e 7/6(5).

No feminino, a única atleta nacional que segue com chances de título é a paulista Camilla Bossi. Ela venceu a equatoriana Ana Paula Coello por 6/2 e 7/5 e enfrenta a argentina Solana Sierra, que eliminou a cabeça 1 peruana Dana Guzman por 6/2, 4/6 e 6/2.

"Estou muito feliz. Chego às quartas de final de um torneio com essa pontuação pela primeira vez e estou conseguindo jogar bem, jogar solto, seguindo o plano de jogo que defino com meu treinador. É sempre mais gostoso jogar no Brasil e tem sido uma semana incrível", destaca Bossi.


Oitavas de final (quarta-feira)
Solana Sierra (ARG) d. Dana Guzman (PER) por 6/2, 4/6 e 6/2
Camila Bossi (BRA) d. Ana Coello (ECU) por 6/2 e 7/5
Guillermina Grant (URU) d. Isabel Oliveira (BRA) por 6/1 e 7/6(3)
Maria Castedo (BOL) d. Camila Soares (PER) por 7/6(3) e 6/0
Daianne Hayashida (PER) d. Jimar Gonzalez (CHI) por 7/6(6) e 6/3
Sofia Dominguez (VEN) d. Juliana Munhoz (BRA) por 6/4 e 6/3
Juana Larranaga (ARG) d. Gabriela Macias (COL) por 6/1 e 6/1
Mell Gonzalez (ECU) d. Priscila Janikian (BRA) por 6/1 e 6/1

Quartas de final (quinta-feira)
Solana Sierra (ARG) vs. Camila Bossi (BRA)
Guillermina Grant (URU) vs. Maria Castedo (BOL)
Daianne Hayashida (PER) vs. Sofia Dominguez (VEN)
Juana Larranaga (ARG) vs. Mell Gonzalez (ECU)

Oitavas de final (quarta-feira)
Natan Rodrigues (BRA) d. Valerio Aboian (ARG) por 6/1 e 7/5
Richard Gama (BRA) d. Mateo Gomez (COL) por 2/6, 6/2 e 6/4
Nicolas Zanellato (BRA) d. Alex Barrena (ARG) por por 2/6, 7/5 e 6/0
Bruno Oliveira (BRA) d. Francisco Llanes (URU) por 6/2 e 6/0
Lorenzo Claverie (VEN) d. João Loureiro (BRA) por 7/6, 2/6 e 6/4
Roman Burruchaga (ARG) d. Johan Rodriguez (COL) por 6/2 e 6/3
Juan Vargas (ECU) d. Joaquim de Almeida (BRA) por 6/4 e 6/1
Gustavo Heide (BRA) d. Ezequiel Monferrer (ARG) por 6/3 e 7/6(5)

Quartas de final (quinta-feira)
Natan Rodrigues (BRA) vs. Richard Gama (BRA)
Bruno Oliveira (BRA) vs. Nicolas Zanellato (BRA)
Lorenzo Claverie (VEN) vs. Roman Burruchaga (ARG)
Juan Vargas (ECU) vs. Gustavo Heide (BRA)

Comentários
Loja - livros
Suzana Silva