Notícias | Dia a dia
Monteiro/Meligeni vence e garante Brasil na semi
20/02/2020 às 00h50

Próximos adversários de Monteiro e Meligeni serão os gaúchos Orlandinho e Matos

Foto: Fotojump

Rio de Janeiro (RJ) - Na última partida de duplas desta quarta-feira, o cearense Thiago Monteiro e o paulista Felipe Meligeni fizeram valer o convite dado pela organização e derrubaram os belgas Sander Gille e Joran Vliegen em três sets, com parciais de 6/1, 4/6 e 10-3. Com o resultado eles garantem o Brasil na semifinal do Rio Open, uma vez que medirão forças com os gaúchos Orlando Luz e Rafael Matos nas quartas de final.

“Será um jogo duro contra brasileiros, o positivo é que já temos uma dupla brasileira na semi e espero que seja a gente”, declarou o cearense, que com a vitória ao lado de Meligeni salvou o dia após a derrota de virada em simples. “Conheço eles muito bem, estão jogando muito bem, tiraram os cabeças de chave 1 Cabal e Farah, mas também estamos bem e acho que podemos levar”, acrescentou o paulista.

A festa foi dobrada para Meligeni, que fazia aniversário nesta quarta e viu o público cantar parabéns depois da partida. “Estou muito contente com o resultado, ainda mais porque era a primeira vez que estávamos jogando junto. Tivemos ótimas sensações na quadra, muito intenso desde o começo e temos tudo para fazer uma boa campanha”, declarou o campineiro de agora 21 anos.

Monteiro negou que a vitória no Rio Open tenha servido de vingança frente aos belgas que levaram a melhor nas duplas contra o Brasil na Copa Davis do ano passado em Uberlândia. “Não tem nada disso não, sou bem amigo deles, que são caras bem tranquilos”, comentou o canhoto cearense.

Demoliner não passa da estreia

Após o título em Córdoba e da semi em Buenos Aires, o gaúcho Marcelo Demoliner e o holandês Matwe Middelkoop não mantiveram a boa fase no saibro carioca e foram eliminados logo na primeira rodada. Eles até saíram na frente do tcheco Roman Jebavy e do eslovaco Igor Zelenay, mas permitiram a reação dos rivais e caíram com parciais de 5/7, 6/3 e 10-8.

Depois de eliminarem Demo, o único brasileiro que não passou da estreia na competição, Jebavy e Zelenay terão pela frente mais uma parceria com um atleta da casa. Nas quartas de final eles medirão forças com o mineiro Marcelo Melo e o polonês Lukasz Kubot, cabeças de chave número 2.

Comentários
Loja - livros
Suzana Silva