Notícias | Dia a dia
Com torcida atuante, Halep busca difícil virada
19/02/2020 às 15h08

Halep precisou salvar um match point para vencer a tunisiana Ons Jabeur

Foto: Divulgação

Dubai (Emirados Árabes) - A estreia de Simona Halep no Premier de Dubai foi com estádio cheio e torcida bastante atuante. Escolhida a jogadora mais popular do circuito da WTA nos últimos anos, a romena enfrentou a tunisiana Ons Jabeur e venceu por 1/6, 6/2 e 7/6 (9-7) em exatas duas horas de partida para chegar às quartas de final do torneio. Halep chegou a salvar um match point.

Além dos sempre presentes fãs de Halep, que fazem muito barulho em quase todos os grandes torneios que a romena atua pelo mundo, Jabeur também atraiu grande torcida. A tunisiana de 25 anos chegou às quartas de final do Australian Open, tornando-se a melhor tenista de seu país em um Grand Slam e a primeira mulher de origem árabe a chegar tão longe.

Número 2 do mundo, Halep já foi campeã em Dubai na temporada 2015. A romena de 28 anos agora enfrenta a bielorrussa Aryna Sabalenka, 13ª do ranking, que derrotou a belga Elise Mertens por 6/4 e 6/3. Halep lidera o histórico de confrontos contra Sabalenka por 2 a 1.

Romena chegou a sentir dores na região lombar
Halep não começou bem na partida e fez apenas dois winners durante o primeiro set. Por outro lado, Jabeur tinha o controle dos pontos do fundo de quadra, anotando 11 bolas vencedoras. A tunisiana ainda conseguiu duas quebras de serviço para vencer o primeiro set.

No início da segunda parcial, Halep recebeu tratamento para a região lombar e voltou melhor, sustentando mais os ralis do fundo de quadra. Embora tenha feito apenas três winners, a romena conseguiu mudar a dinâmica do jogo por conta de sua solidez. Jabeur só conseguiu quatro winners e viu sua contagem de erros aumentar de 7 para 13.

A parcial decisiva começou melhor para Halep, que abriu 3/0 e chegou a liderar por 4/1. Jabeur encaixou boas devoluções para para buscar a igualdade no oitavo game. Já com o placar empatado por 5/5, a tunisiana voltou a quebrar e ficou muito perto da vitória, mas ela foi quebrada de zero quando sacava para o jogo.

A oportunidade perdida parecia custar caro para a tunisiana, que viu a ex-líder do ranking retomar o domínio do jogo durante o tiebreak decisivo. Halep chegou a abrir 6-3, mas perdeu três match points. Na sequência, foi a vez de Jabeur ficar a um ponto da vitória, mas Halep não se intimidou e continuou firme do fundo de quadra para vencer a partida.

Rybakina vence mais uma em Dubai
Quem também avançou foi Elena Rybakina. Algoz de Sofia Kenin na rodada de estreia, a jovem cazaque de 20 anos e 19ª do ranking marcou sua 17ª vitória na temporada. Só este ano, ela já foi campeã em Hobart e disputou duas outras finais. Rybakina superou a tcheca Katerina Siniakova e encara nas quartas a número 3 do mundo Karolina Pliskova.

Comentários
Loja - livros
Suzana Silva