Notícias | Dia a dia
Monteiro luta até o fim e volta a brilhar no Rio
19/02/2020 às 00h55

Monteiro terminou a partida com 8 aces e 70% de aproveitamento com o primeiro serviço

Foto: Fotojump

Rio de Janeiro (RJ) - Mais uma vez o cearense Thiago Monteiro brilhou em uma estreia no Rio Open, onde agora tem suas duas maiores vitórias da carreira. Depois de bater o francês Jo-Wilfried Tsonga, então 9 do mundo na primeira rodada de 2016, nesta terça-feira ele superou o argentino Guido Pella, 26º do ranking, com uma suada virada de placar final 5/7, 6/4 e 7/6 (7-3), após 3h03 de embate.

Na segunda rodada, marcada para quarta-feira às 19h, Monteiro terá pela frente o húngaro Attila Balazs, que entrou na chave principal como lucky-loser e venceu o uruguaio Pablo Cuevas na estreia com parciais de 6/4 e 6/3. Será a primeira vez que os dois medirão forças no circuito profissional.

A partida começou com uma sequência de três quebras, duas para Monteiro e uma para Pella, que teve ainda duas chances de anotar o quarto break, mas deixou ambas escaparem e ficou em desvantagem. Só que depois de abrir 5/3, o cearense estacionou no placar, foi quebrado ao sacar para o jogo em 5/4 e voltou a perder o serviço no 12º e último game.

O segundo set teve novamente uma liderança brasileira nos primeiros games, com Monteiro conseguindo uma quebra no terceiro game para em seguida abrir 3/1. Pella novamente buscou a igualdade e fez 3/3, só que desta vez o cearense buscou um break no nono game e confirmou no décimo para deixar tudo igual e forçar a terceira parcial.

Repetindo o início do jogo, o terceiro set teve quebras logo de cara, mas desta vez uma para cada lado. Monteiro teve mais chances no decorrer da disputa, mas perdeu um break-point no quinto game e outro no 11º. A definição foi para o tiebreak, no qual o brasileiro jogou muito bem e dominou o rival para vencê-lo pela segunda vez em cinco duelos.

Comentários
Loja - livros
Suzana Silva