Notícias | Dia a dia
De volta após 7 anos, Clijsters aprova atuação
17/02/2020 às 17h39

Clijsters fez seu primeiro jogo oficial desde o US Open de 2012 e sente que teve bom desempenho

Foto: Divulgação

Dubai (Emirados Árabes) - O desempenho em sua primeira partida oficial em quase sete anos animou Kim Clijsters. A belga de 36 anos e ex-número 1 do mundo retornou ao circuito profissional nesta segunda-feira e teve boa atuação diante de Garbiñe Muguruza, finalista do Australian Open há pouco mais de duas semanas. Clijsters não competia desde o US Open de 2012 e ficou satisfeita com o tênis apresentado em sua volta às quadras.

"Eu me senti bem em quadra", disse Clijsters, após a derrota por 6/2 e 7/6 (8-6). "Sinto um pouco de, não vou dizer alívio, mas uma sensação de que posso suportar esse ritmo. Ela não é, provavelmente, a jogadora que bate mais forte na bola. Tem outras meninas com mias peso de bola, mas senti que era capaz de jogar de igual para igual com ela do fundo de quadra".

"No segundo set, senti que havia realmente entrado no jogo e conseguir dominar alguns pontos. Acho que é bom ter esse conhecimento e saber como comecei a partida e o que eu fiz para ter um desempenho melhor no segundo set. Isso é algo positivo e vou levar para as próximas partidas", complementou Clijsters, que deverá jogar em Monterrey na próxima semana.

Muguruza também destacou a boa partida de sua experiente rival. "Acho que ela jogou muito bem, especialmente no segundo set. Foi muito equilibrado. Então, acho que foi uma partida divertida de jogar", avalia a espanhola de 26 anos.

"Não sabia como a Clijsters iria jogar, mas sabia do nível que ela poderia alcançar. Em um certo momento, ela jogou um tênis incrível. Tenho certeza que ela vai ficar cada vez melhor, com certeza, nos dará muitos problemas", complementou a atual 16ª do ranking, que agora espera pela vencedora entre a russa Veronika Kudermetova e a ucraniana Dayana Yastremska.

Comentários
Loja - livros
Suzana Silva