Notícias | Dia a dia
Tenistas saem zerados na premiação do Laureus
17/02/2020 às 16h57

Nadal concorria como Atleta do Ano, mas o prêmio foi dividido entre Messi e Hamilton

Foto: Arquivo

Berlim (Alemanha) - A premiação de 2020 do Laureus não foi boa para os tenistas. Ainda que vários representantes da modalidade estivessem concorrendo em diferentes categorias nenhum atleta do tênis foi premiado nesta edição do evento, que aconteceu em Berlim.

Rafael Nadal e Naomi Osaka concorriam na principal categoria, como Atletas do Ano. Entre os homens, o prêmio acabou sendo dividido entre Lewis Hamilton (automobilismo) e Lionel Messi (futebol). Messi nunca havia vencido o Laureus antes, enquanto Hamilton só tinha o prêmio de Revelação em 2008. No feminino, melhor para a ginasta Simone Biles, eleita pela terceira vez.

Entre as revelações do ano estavam a canadense Bianca Andreescu e a norte-americana Coco Gauff. O prêmio, no entanto, ficou com o ciclista colombiano Egan Bernau. O britânico Andy Murray concorria na categoria Retorno do Ano, mas a escolhida foi a piloto alemã Sophia Florsch. Já no prêmio do esporte paralímpico, a jogadora holandesa Diede de Groot (do tênis em cadeira de rodas) foi superada pela esquiadora norte-americana Oksana Masters.

O Brasil teve representantes na categoria de esportes radicais, com o surfista Ítalo Ferreira e a skatista Rayssa Leal. No entanto, a vencedora foi a norte-americana do snowboard Chloe Kim, eleita pela segunda vez seguida.

Comentários
Loja - livros
Suzana Silva