Notícias | Dia a dia
Na volta de Clijsters, Muguruza se impõe e vence
17/02/2020 às 14h10

Muguruza espera pela vencedora entre Kudermetova e Yastremska

Foto: Divulgação

Dubai (Emirados Árabes) - No jogo que marcou a volta de Kim Clijsters ao circuito profissional, Garbiñe Muguruza fez valer seu melhor momento. Finalista do Australian Open há pouco mais de duas semanas, a espanhola venceu o confronto diante da belga pelo WTA Premier de Dubai com as parciais de 6/2 e 7/6 (8-6) em 1h37 de partida.

Ex-número 1 do mundo e dona de quatro títulos de Grand Slam, Clijsters está com 36 anos. A belga não disputava uma competição oficial desde o US Open de 2012. Esta já é a terceira fase de sua carreira. Ela parou de jogar em 2007 antes do nascimento de sua primeira filha, Jada, e voltou a atuar em 2009. Depois de mais três anos no circuito, parou novamente de jogar para se dedicar à família. Ela atualmente tem três filhos.

Já Muguruza dá continuidade ao bom começo de temporada, agora com 12 vitórias e apenas duas derrotas em 2020. Além do vice-campeonato em Melbourne, a espanhola foi semifinalista em Shenzhen e chegou às quartas em Hobart antes de abandonar o torneio. A jogadora de 26 anos e ex-líder do ranking aparece atualmente no 16º lugar.

A adversária de Muguruza nas oitavas virá da partida entre a russa Veronika Kudermetova, 39ª do ranking, e a jovem ucraniana de 19 anos Dayana Yastremska, 26ª colocada. A espanhola só tem uma vitória em três jogos contra Yastremska no circuito, enquanto um eventual duelo contra Kudermetova seria inédito.

Clijsters mostra bom nível, mas Muguruza foi superior
Logo no game de abertura, Muguruza conseguiu uma quebra de serviço a seu favor. Clijsters mostrava um bom nível em seus golpes do fundo de quadra e tentava ser agressiva, mas com a falta de ritmo a belga tinha alguma dificuldade na movimentação e vinha cometendo duplas-faltas que atrapalhavam seu desempenho no saque.

Muguruza conseguiu sua segunda quebra na partida durante o sétimo game para liderar por 5/2. A espanhola também vinha sacando muito bem nos games de saque mais longos que enfrentava. A espanhola disparou quatro aces no primeiro set e escapou de todos os quatro break points que enfrentou na parcial que durou 34 minutos.

No início do segundo set Muguruza ampliou sua vantagem. Ela conseguiu duas novas quebras de serviço e abriu 3/0. Clijsters venceu dois games seguidos para diminuir a diferença e ganhou confiança. Com o tempo, a belga já começava a exibir sua já característica deslizada de quadra e levantou a torcida.

Depois de conseguir uma nova quebra para buscar o empate no oitavo game, Clijsters ainda escapou de break points para fazer 5/4. Mais tarde, já no tiebreak, Muguruza conseugiu se impor com um jogo muito agressivo do fundo de quadra e venceu quatro pontos seguidos, chegando a ter 5-3. A belga equilibrou as ações e chegou a salvar um match point, mas a espanhola prevaleceu e definiu a partida em sets diretos. Muguruza liderou a estatística de winners por 19 a 15 e terminou o jogo com 21 erros, contra 23 de Clijsters.

Comentários
Loja - livros
Suzana Silva