Notícias | Dia a dia
Monteiro não mantém embalo e cai nas quartas
15/02/2020 às 01h08

Monteiro segue com apenas uma semifinal de ATP no currículo. Ele agora parte para o Rio Open

Foto: Divulgação

Buenos Aires (Argentina) - Dois dias depois de marcar uma expressiva vitória sobre Borna Coric nas oitavas, Thiago Monteiro se despediu do ATP 250 de Buenos Aires. O número 1 do Brasil e 92º do ranking não conseguiu manter o embalo no torneio disputado no saibro da capital argentina e perdeu para o português Pedro Sousa, 145º colocado, por 7/6 (7-5) e 6/4 em 1h42 de partida.

Monteiro tentava alcançar sua segunda semifinal de ATP na carreira e repetir a campanha feita no saibro de Quito em 2018. O cearense de 25 anos ainda busca uma inédita final na elite do circuito. O último brasileiro em uma final de ATP foi Thomaz Bellucci, no saibro de Houston em 2017. Bellucci tem quatro títulos no circuito, o mais recente no ano de 2015 em Genebra.

A campanha até as quartas na capital argentina rende 45 pontos na ATP a Monteiro, que poderia fazer 90 se vencesse mais um jogo. Ele não defende nada nesta semana, mas precisaria descartar dez pontos de seu 18º e último resultado válido para o ranking. Dessa forma, deve subir para o 87º lugar e tenta se aproximar da melhor marca da carreira, que foi o 74º lugar, alcançado há três anos. Seu próximo compromisso será o Rio Open, único ATP 500 da América do Sul, que será disputado na próxima semana no Jockey Club Brasileiro.

Veja como foi o duelo entre Monteiro e Sousa
Monteiro teve o serviço quebrado logo no game de abertura e quase ficou em situação ainda mais delicada, já que também salvou break point no terceiro game. Aos poucos, o brasileiro começava a confirmar seus games de serviço com maior facilidade e também a pressionar o adversário. Além disso, Sousa sinalizava um desconforto físico e dificuldade na movimentação.

O português chegou a liderar a primeira parcial por 5/3 e teve três set points, mas Monteiro conseguiu devolver a quebra e buscar o empate. O tiebreak foi de altos e baixos, mas o número 1 do Brasil cometeu muitos erros não-forçados e permitiu que o rival fechasse o primeiro set.

A primeira quebra do segundo set favoreceu Monteiro, que liderou por 3/2, mas Sousa igualou a disputa de imediato. O português vinha recorrendo a slices e drop shots, além de forçar bastante o saque para encurtar ao máximo os pontos. Vencendo por 5/4, o Sousa seguiu tentando trazer Monteiro à rede e teve sucesso para conseguir pontos importantes e a derradeira quebra da partida. 

Schwartzman salva quatro match points
Algoz de Monteiro nesta sexta-feira, Sousa está com 31 anos, entrou na chave como lucky-loser e busca sua primeira final no circuito. O português enfrenta neste sábado o argentino Diego Schwartzman, principal cabeça de chave do torneio e número 14 do mundo, que salvou quatro match points na vitória sobre o uruguaio Pablo Cuevas, 48º colocado, por 5/7, 7/6 (13-11) e 7/5 em 3h41 de partida. 

Ruud e Londero na outra semifinal
Do outro lado da chave, avançaram o norueguês Casper Ruud, 45º do ranking, e o argentino Juan Ignacio Londero, 69º colocado. Nesta sexta-feira, Ruud venceu o sérvio Dusan Lajovic por 7/5 e 6/1. O jovem norueguês de 21 anos tem uma final no circuito e busca o primeiro título. Já Londero levou a melhor no duelo argentino contra o canhoto Guido Pella por 6/4 e 7/6 (7-4). O jogador de 26 anos venceu seu primeiro ATP em Córdoba no ano passado e tenta alcançar sua terceira final.

Comentários
Loja - livros
Suzana Silva