Notícias | Dia a dia
Federer prevê longo período sem viagens após Miami
11/02/2020 às 11h11

Cidade do Cabo (África do Sul) - Depois de bater o recorde de público na África do Sul ao lado do espanhol Rafael Nadal, o suíço Roger Federer tem claro seus três próximos compromissos. Primeiro disputará o ATP 500 de Dubai e seguirá então para os Masters 1000 de Indian Wells e Miami. Contudo, seu calendário após estes três eventos ainda não foi divulgado e segue um mistério.

Questionado sobre o assunto, Federer foi econômico nas palavras e adiantou apenas que deverá ter poucos compromissos pela frente. “Em breve teremos um longo período sem viagens. Constantemente converso com Mirka sobre como podemos encontrar a solução mais fácil para as crianças e ver o que é melhor para o meu tênis”, disse o suíço.

"Por alguns anos, conseguimos encontrar um pouco mais de estabilidade nesse aspecto, mas tentamos estar no mesmo lugar o maior tempo possível e foi por isso que pulei a ATP Cup, para poder passar mais tempo com minha família em Dubai”, complementou Federer sobre os torneios que virão depois de Miami.

A resposta vaga pode indicar apenas um calendário restrito durante o saibro, parecido com o do ano passado, já que entre os Masters 1000 de Miami e Madri há um intervalo de praticamente um mês, mas também algo ainda mais reduzido, eventualmente repetindo outras temporadas e pulando direto do piso duro norte-americano para os torneios de grama.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis