Notícias | Dia a dia
Wilander acha que Djokovic possa chegar a 25 Slam
09/02/2020 às 10h18

Paris (França) - O recorde de 20 títulos de Grand Slam, que atualmente pertence ao suíço Roger Federer, pode ser não apenas igualado pelo sérvio Novak Djokovic, mas deixado bem para trás segundo afirma o sueco Mats Wilander em sua coluna no L'Equipe. Para ele, o atual número 1 do mundo pode chegar a uma marca expressiva de 25 conquistas neste nível até se aposentar.

“Eu ficaria surpreso se ele não vencesse pelo menos dois outros Grand Slam nesta temporada. Na verdade, não vejo ninguém que possa impedi-lo de conquistar pelo menos quatro Slam ou mais até o fim de sua carreira. Acho que ele pode ganhar 25 títulos de Grand Slam até o momento em que for deixar o tênis profissional”, afirmou o ex-líder do ranking.

O sueco destacou a capacidade de Djokovic conseguir superar os momentos mais adversos. “Novak tem a incrível capacidade de jogar seu melhor tênis quando necessário. Taticamente, o tempo médico que solicitou no terceiro set (da final do Australian Open) permitiu que se levantasse um pouco”, comentou Wilander.

“Não foi uma desculpa, mas uma razão para não jogar pontos longos e assim conseguir encontrar o melhor ritmo. Vimos isso muitas vezes, mesmo quando não está bem, consegue achar um caminho e volta a se impor em quadra para surpresa de seus rivais”, acrescentou o dono de sete títulos de Grand Slam.

Wilander ainda elogiou a consistência do sérvio. “Ele sabe como cansar seu oponente mesmo quando não está em seu melhor dia. Novak nunca entra em pânico, mesmo quando está cansado ou frustrado. É impressionante como ele joga cada partida como se fosse uma final, independentemente do rival”, finalizou.

Comentários
Loja - livros
Suzana Silva