Notícias | Dia a dia
Kenin e Serena perdem, mas dupla garante a vitória
09/02/2020 às 08h51

Everett (EUA) - Depois de uma sexta-feira quase que perfeita para as norte-americanas, com vitórias de Sofia Kenin e Serena Williams, no sábado a situação mudou radicalmente e as duas melhores tenistas do país no ranking da WTA foram superadas e deixaram a vitória na série contra a Letônia sob risco. Contudo, a dupla salvou o dia e classificou os EUA para as finais da Fed Cup.

Kenin foi a primeira a entrar em quadra e acabou derrotada em três sets pela letã Jelena Ostapenko, que marcou parciais de 6/3, 2/6 e 6/2. “É difícil enfrentar os Estados Unidos fora de casa, sabia que seria duro, mas consegui jogar o meu melhor hoje”, comemorou a campeã de Roland Garros em 2017.

Na sequência foi a vez de Serena também encarar uma partida de três sets e repetir a compatriota, perdendo para Anastasija Sevastova com o placar final de 7/6 (7-5), 3/6 e 7/6 (7-4). “Foi uma partida intensa, com muitos pontos disputados e muita corrida”, comentou a ex-número 1 do mundo.

Com as duas vitórias letãs, o placar ficou empatado e a definição foi para as duplas. Substituindo Alison Riske, Kenin voltou para quadra para atuar ao lado de Bethanie Mattek-Sands. Do outro lado, Ostapenko e Sevastova também encararam jornada dupla. O time da casa então marcou parciais de 6/4 e 6/0 e se safou de uma dura e inesperada virada.

“Fico feliz de termos vencido esse confronto contra um oponente tão forte. Estou orgulhosa dessas garotas, amo elas. Tivemos dias incríveis e hoje mostramos um grande poder de luta contra uma Letônia que foi valente e nos ofereceu partidas bem duras”, avaliou a capitã norte-americana Kathy Rinald.

Comentários
Loja - livros
Suzana Silva