Notícias | Dia a dia
Pai de Djoko dispara contra torcida na final do AO
08/02/2020 às 09h59

Moscou (Rússia) - O comportamento da torcida na final do Australian Open não agradou nem um pouco Srdjan Djokovic, pai do atual número 1 do mundo Novak Djokovic. Em entrevista ao portal russo Telegraf, ele reclamou não apenas do modo como agiu o público em Melbourne, mas também disparou contra a falta de apoio que o filho tem ao redor do mundo, acusando o tênis de ser um esporte elitista.

“É incrível o que aconteceu na final do Australian Open. O sete vezes campeão do torneio joga uma final na quadra central contra um austríaco e o público vai e incentiva o austríaco. Imagine esse desrespeito. Sempre achei que o tênis é um esporte dos ricos e vendo como é tratado um tenista da Sérvia pobre que é o melhor do mundo por mais de dez anos seguidos só confirma isso”, declarou o pai do tenista sérvio.

“Parece que isso incomoda muito. Não há dúvida em dizer que meu filho é o melhor tenista de todos os tempos. As estatísticas dizem isso e quem conhece sabe que estou certo. O que aconteceu em Melbourne também aconteceu em outros lugares do mundo, mas Novak nunca reclamou”, comentou Srdjan, que destacou o apoio recebido pelo filho na final da ATP Cup em Sydney.

Contando com um bom número de sérvios nas arquibancadas, Djokovic e seus companheiros tiveram uma torcida empolgada contra a Espanha. "Rafa (Nadal) reclamou do público sérvio, mas muito raramente podemos ver como os fãs a favor do meu filho, que não fez absolutamente nada para ser odiado dessa maneira. Em seu país ele é amado e sentem orgulho dele, mas fora de lá a porcentagem é menor”, disse Srdjan.

Empolgado com a atuação de Novak no primeiro Grand Slam da temporada, o pai aposta que o recorde de 20 títulos do suíço Roger Federer pode ser igualado ainda nesta temporada. “Tenho certeza de que ele vencerá todos os principais torneios do ano. Além disso, ele superará Roger em semanas como número 1 do mundo”, garantiu.

“E também conquistará a medalha de ouro nos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020. Acho que este será o melhor ano de ‘Nole’ como tenista profissional. O tempo vai me provar que estou certo”, finalizou o polêmico pai do atual líder do ranking.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis