Notícias | Dia a dia
Menezes salva match point de novo e faz quartas
06/02/2020 às 17h53

Menezes salvou match points em dois jogos seguidos no torneio

Foto: Arquivo

Dallas (EUA) - Assim como já havia acontecido na rodada anterior, João Menezes voltou a vencer um duelo equilibrado e salvando um match point. O mineiro garantiu seu lugar nas quartas de final do challenger de Dallas depois de vencer o norte-americano Bradley Klahn, cabeça 9 do torneio e 123º do ranking, por 3/6, 7/6 (8-6) e 7/6 (7-5) em 2h24 de partida.

Menezes já havia escapado de um match point no jogo contra o australiano Christopher O'Connell na última quarta-feira. Além disso, ele também começou atrás no placar da partida contra o norte-americano Nick Chappell.

Número 2 do Brasil e 188º do ranking, Menezes já faz 18 pontos na ATP. O mineiro de 23 anos pode garantir 35 pontos se for semifinalista. O vice-campeonato no torneio em quadras duras e cobertas rende 60 pontos no ranking, enquanto o campeão fará 100 pontos.

O próximo adversário de Menezes em Dallas será o jovem austríaco de 20 anos e 362º colocado Jurij Rodionov. O único duelo anterior entre eles foi disputado em Almaty, no Cazaquistão, em 2018, com vitória do austríaco em três sets.

Menezes consegue sua terceira virada no torneio

Mesmo colocando 81% de primeiros serviços em quadra durante o set inicial, Menezes precisou enfrentar dois break points e teve o serviço quebrado uma vez. O mineiro vinha com dificuldades nas devoluções e conseguiu apenas três pontos no saque de seu adversário durante a parcial.

 Klahn também foi o primeiro a quebrar durante o segundo set, chegando a liderar por 4/3 e saque, mas permitiu o empate logo em seguida. Menezes não faria mais pontos no saque do adversário antes do tiebreak e até salvou um match point em um longo rali durante o game-desempate antes de, finalmente, forçar o terceiro set após um erro de forehand do rival.

Já na parcial decisiva, Menezes conseguiu uma quebra logo cedo e escapou de três break points para liderar por 4/2. Quando já vencia por 5/3, teve um match point no saque do adversário, mas não aproveitou. Klahn ganhou confiança, manteve o serviço e devolveu a quebra na sequência. O segundo tiebreak do jogo teve mais altos e baixos. Menezes chegou a liderar por 4-1, com dois serviços à disposição, mas permitiu o empate por 5-5. Depois disso, venceu duas disputas do fundo de quadra para consolidar sua terceira virada seguida.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis