Notícias | Dia a dia
Wild ganha convite para Rio Open, Menezes no quali
04/02/2020 às 17h12

Wild disputa a chave principal do Rio Open pelo segundo ano consecutivo

Foto: Arquivo

Rio de Janeiro (RJ) - O Rio Open confirmou nesta terça-feira o terceiro convite para a chave principal do ATP 500 e o primeiro para o qualificatório. O paranaense de 19 anos Thiago Wild ganhou o convite para a chave principal, enquanto o mineiro João Menezes disputará o quali da sétima edição do maior torneio da América do Sul.

Atual 207º do ranking, Wild vem se destacando entre os jogadores da nova geração e no fim do ano passado ganhou o seu primeiro título de challenger, no Equador. O paranaense se junta a outros dois brasileiros na chave principal, já que o cearense Thiago Monteiro entrou diretamente pelo ranking e o paulista Felipe Meligeni Alves venceu a Maria Esther Bueno Cup no ano passado, em São Paulo.

Wild já disputou a edição passada do torneio e acredita que chegará mais experiente ao ATP 500 sul-americano. "Eu já tive um ano de vivência como profissional, já tenho uns torneios a mais nas costas e um ano a mais de maturidade. É uma oportunidade para engrenar nesse ano que ainda não começou da maneira que eu gostaria. E no Rio, local que eu treino, com a nossa torcida, é muito bom jogar. Quero me sentir bem em quadra, feliz com o que estou jogando".

Já João Menezes, número 2 do Brasil e 188º do ranking, foi contemplado com um convite para o qualificatório, que será jogado nos dias 15 e 16 de fevereiro com entrada gratuita ao público. Ele precisará vencer dois jogos para conseguir uma das quatro vagas na chave principal. O quali terá bons nomes como os argentinos Leonardo Mayer e Facundo Bagnis, além do espanhol Jaume Munar.

A chave principal do Rio Open 2020 conta com a presença do atual vice-campeão do Australian Open e 4 do mundo, Dominic Thiem, o italiano 8º da lista Matteo Berrettini, os argentinos Diego Schwartzman (vencedor do torneio em 2018) e Guido Pella. Também jogam os campeões de 2019 Laslo Djere e de 2016, Pablo Cuevas.

Comentários
Loja - livros
Suzana Silva