Notícias | Dia a dia | Australian Open
Garotos brilham e marcam primeiras vitórias de Slam
21/01/2020 às 00h31

Italiano Jannik Sinner, de apenas 18 anos, marca primeira vitória em torneios de Grand Slam

Foto: ATP

Melbourne (Austrália) - Considerados dois fortes tenistas da novíssima geração, o italiano Jannik Sinner e o espanhol Alejandro Davidovich marcaram nesta terça-feira suas primeiras vitórias em torneios de nível Grand Slam.

Aos 18 anos, Sinner já havia entrado no US Open do ano passado mas desta vez conseguiu a vitória, tirando o qualificado australiano Max Purcell, por 7/6 (7-2) 6/2 e 6/4. Ele terá agora curioso duelo contra o húngaro Marton Fucsovics, que surpreendeu o canadense Denis Shapovalov na segunda-feira. Os dois estão no quadrante do búlgaro Grigor Dimitrov.

Davidovich, dois anos mais velho, venceu uma grande batalha diante do eslovaco Norbert Gombos, outro que veio do quali. O espanhol chegou a estar atrás por 2 sets a 1, mas reagiu e marcou 4/6, 6/4, 2/6, 6/3 e 6/2. Seu desafio agora é muito maior, já que enfrentará o experiente Diego Schwartzman, depois que o argentino e cabeça 14 tirou o sul-africano Lloyd Harris, por 6/4, 6/2 e 6/2.

Outro nome da nova geração, o polonês Hubert Hurkacz marcou grande virada. O tenista de 22 anos e cabeça 31 do torneio levou um susto diante do austríaco Dennis Novak antes de anotar o duro placar de 6/7 (4-7), 1/6, 6/2, 6/3 e 6/4. Ele terá pela frente o perigoso australiano John Millman, vencedor do francês Ugo Humbert, campeão do ATP de Auckland no sábado, por 7/6 (7-3), 6/3, 1/6 e 7/5.

Comentários