Notícias | Dia a dia | Australian Open
Melo e Soares são cabeças, Hewitt disputa duplas
19/01/2020 às 09h13

Melo e Kubot entram como cabeças 2 no Australian Open e têm chave boa para progredir no torneio

Foto: Arquivo

Melbourne (Austrália) - Com a saída da principal dupla do ranking devido ao afastamento de Robert Farah por doping, o mineiro Marcelo Melo e seu parceiro polonês Lukasz Kubot obtiveram a condição de cabeças 2 para o Australian Open, que começa na noite deste domingo. Bruno Soares e o croata Mate Pavic são os 10º pré-classificados e o gaúcho Marcelo Demoliner também entrou na chave.

Melo, que não disputou o torneio no ano passado devido a contusão, já fez semifinal no torneio em 2015, ao lado de Ivan Dodig. Os primeiros adversários serão os argentinos Guillermo Duran e Diego Schwartzman. Os primeiros cabeças no caminho de Melo são Austin Krajicek/Frank Skugor e nas quartas podem surgir Jean Rojer e Horia Tecau.

Campeão em 2016 e quadrifinalista no ano passado, Soares inicia a campanha contra o britânico Luke Bambridge e o japonês Ben McLachlan, que ganharam o ATP de Auckland no sábado. O quadrante tem como possíveis adversários de terceira rodada os cabeças 5 Wesley Koolhof e Nikola Mektic.

Demoliner também ficou no lado superior da chave. Ele faz parceria com o holandês Matwe Middelkoop e terá o primeiro jogo diante dos norte-americanos Tennys Sandgren e Jackson Withrow. Em caso de vitória, deve encarar os especialistas Rajeev Ram e Joe Salisbury.

Hewitt é atração
Ex-número 1 e agora treinador, Lleyton Hewitt entrou na chave mais uma vez como convidado e jogará ao lado de Jordan Thompson. Agora com 38 anos e aposentado de simples desde janeiro de 2016, Hewitt chegou às quartas de duplas em 2018 mas caiu na estreia no ano passado.

Entre os bons jogadores de simples que se arriscarão nas duplas estão Andrey Rublev, Hubert Hurkacz, Pablo Carreño e Benoit Paire.

Veja como ficou a chave de duplas masculinas do Australian Open

Comentários