Notícias | Dia a dia
Canadense chama Nadal e Federer de egoístas
15/01/2020 às 11h45

Melbourne (Austrália) - Nem mesmo nomes do calibre de Rafael Nadal e Roger Federer são unanimidades no circuito. O canadense Brayden Schnur não poupou críticas ao espanhol e ao suíço, classificando ambos como egoístas. Ele cobrou dos dois uma posição sobre as condições de jogo no qualificatório do Australian Open.

Atual 103 do mundo e terceiro mais bem cotado no quali em Melbourne, Schnur disparou contra as condições do ar em sua estreia contra o austríaco Sebastian Ofner. O canadense disse que a reclamação dos jogadores menos badalados não têm o mesmo peso das estrelas e por isso pediu que Nadal e Federer os ajudassem nesse momento.

“Tem que vir dos melhores jogadores, Roger e Rafa são um pouco egoístas ao pensar em si mesmos e em suas carreiras. Porque eles estão perto do fim e tudo em que pensam é em seu legado. Não estão pensando no esporte ou tentando fazer o que é bom para o tênis”, disparou o canadense em entrevista a AAP.

Schnur não gostou nem um pouco das condições que encarou em sua estreia no qualificatório do Australian Open e descreveu o ambiente como se alguém estivesse fumando do seu lado. "Você sente muita secura na garganta. Isso é 100% anormal e jogadores com asma estão em grande desvantagem no momento", reclamou.

Comentários
Raquete novo
Suzana Silva