Notícias | Dia a dia
Após conquista, Rublev entra no top 20 pela 1ª vez
13/01/2020 às 08h56

Miami (EUA) - Campeão do ATP 250 de Doha no último sábado, o russo Andrey Rublev teve confirmada sua entrada no top 20 no ranking desta segunda-feira. O tenista de 24 anos ganhou cinco colocações e agora é o 18º do mundo, melhorando em quatro postos a melhor marca até então da carreira.

Rublev tem boas perspectivas para seguir subindo no ranking nos próximos meses. Ele não defende nada no Australian Open, onde foi eliminado na estreia em 2019, e depois do primeiro Grand Slam do ano ele defende apenas 295 pontos até o fim da temporada de grama, uma vez que seus bons resultados no ano passado se concentraram no segundo semestre.

Vítima do russo na final de Doha, o francês Corentin Moutet foi o jogador com maior ascensão em todo o top 100 nesta semana, ganhando 11 colocações. O tenista de 20 anos subiu para a 70ª posição e atingiu sua melhor marca.

Outro que também teve disparada de 11 lugares foi o japonês Yuichi Sugita, que com o vice-campeonato no challenger da Nova Caledônia subiu para a 89ª colocação. Destaque também para as nove posições que ganharam o britânico Daniel Evans (33º do mundo) o sérvio Miomir Kecmanovic (53º).

Na contramão, o italiano Andreas Seppi foi aquele que teve a maior derrocada entre os 100 primeiros, caindo 13 lugares e indo para o 84º posto. O argentino Leonardo Mayer também afundou e quase saiu do top 100; ele perdeu 12 postos e agora é o 100º do mundo.

Comentários
Loja - livros
Suzana Silva