Notícias | Dia a dia
Serena doa premiação para vítimas de incêndio
12/01/2020 às 15h03

Auckland (Nova Zelândia) - Logo depois de conquistar o título do WTA de Auckland, Serena Williams anunciou na cerimônia de premiação que irá doar todo o prêmio adquirido no torneio para as vítimas dos incêndios na Austrália. A norte-americana de 38 anos, que também está na final de duplas do torneio, também irá promover leilões dos vestidos usados em quadra durante a competição.

Leia mais: Barty doará premiação de Brisbane para vítimas de incêndios

"Eu jogo na Austrália há mais de 20 anos e, para mim, é muito duro ouvir as notícias sobre tudo o que está acontecendo em Melbourne e por toda a Austrália. São tantas mortes de animais e muitas pessoas perderam suas casas", disse Serena, depois de vencer a norte-americana Jessica Pegula na final de simples por 6/3 e 6/4. Seu prêmio na chave individual foi de US$ 43 mil.

"Então, no começo do torneio eu decidi leiloar todos os vestidos que usasse em quadra e também vou doar toda a minha premiação", acrescentou a norte-americana, que foi bastante aplaudida pela atitude. Ela ainda vai doar mais US$ 7.200 pelo vice-campeonato de duplas ao lado da dinamarquesa Caroline Wozniacki. Serena e Wozniacki perderam a final para as norte-americanas Asia Muhammad e Taylor Townsend por duplo 6/4.

A respeito de seu desempenho na final, Serena sentiu que o saque não foi tão eficiente e que o desempenho nos golpes de fundo teve maior valor para o resultado final. "Foi uma boa partida. Não tive muito tempo para refletir sobre isso porque fui direto para a final de duplas, mas lembro que foi um jogo muito intenso, na verdade.

Acho que eu não fiz tantos aces, porque ela estava conseguindo devolver todos os meus saques, mas meus golpes de fundo de quadra foram provavelmente a coisa mais forte naquela partida. É bom que eu vença algumas partidas em que não estou ganhando tantos pontos com o saque. Isso me faz confiar mais no meu jogo de fundo de quadra"

A ex-número 1 do mundo falou sobre o começo de partida complicado, quando teve o serviço quebrado logo de cara e ainda salvou mais break points pouco depois. "Eu não estava nervosa. Nem lembrava que tinha sido quebrada no primeiro game. Só não comecei do jeito que deveria, e ela estava jogando bem. Nessas horas, você tem que ser a sua maior torcedora, especialmente se você sente que não está fazendo as coisas certas ou que as coisas não estão dando certo para você".

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis