Notícias | Dia a dia
Pliskova vence batalha e fatura o tri em Brisbane
12/01/2020 às 03h31

Pliskova venceu três das últimas quatro edições do torneio e defendeu o título do ano passado

Foto: Arquivo

Brisbane (Austrália) - Com excelente histórico no WTA Premier de Brisbane, Karolina Pliskova mais uma vez começa uma temporada com título. A tcheca de 27 anos e número 2 do mundo conquistou o torneio pela terceira vez na carreira e pela segunda temporada consecutiva. Pliskova superou na final a norte-americana Madison Keys com parciais de 6/4, 4/6 e 7/5 em 2h07 de partida.

Este é o 16º título de WTA na carreira de Pliskova, que também havia triunfado em Brisbane nos anos de 2017 e 2019. Ela é a jogadora com maior número de vitórias na história do torneio, realizado desde 2009, com 17 vitórias e apenas duas derrotas, o que lhe confere um aproveitamento de 89%. A bicampeã Victoria Azarenka tem 15 vitórias e duas derrotas no torneio.

O título rende 470 pontos no ranking a Pliskova, que irá permanecer na vice-liderança e será a segunda cabeça de chave do Australian Open. Por sua vez, Keys fará 305 pontos e sobe do 13º para o 11º lugar. A norte-americana de 24 anos segue com cinco títulos no circuito em dez finais disputadas. Esta foi a primeira vez que elas se enfrentaram.

Pliskova aproveitou a chance que teve no primeiro set
O jogo começou com domínio das sacadoras. Os pontos eram definidos em poucas trocas de bola e os games muito curtos, sem possibilidades de quebra. Keys criou seus primeiros break points já no oitavo game, mas não os aproveitou. Na sequência, Pliskova ganhou confiança e conseguiu uma importante quebra de serviço que encaminhou sua vitória no set.

A vantagem de Pliskova ficou ainda maior com uma quebra no início do segundo set. A tcheca chegou a liderar por 3/2, mas Keys devolveu a quebra e venceu quatro dos últimos cinco games para empatar a partida. A tcheca também foi a primeira a quebrar no set decisivo e fez 5/3, mas Keys devolveu a quebra no décimo game. Quando parecia que a definição seria no tiebreak, a ex-número 1 voltou a quebrar e definiu a disputa com ótimos saques.

Barty e Bertens ficam com o vice nas duplas

O título de duplas ficou com a tcheca Barbora Strycova e a taiwanesa Su-Wei Hsieh, que venceram uma difícil final contra a australiana Ashleigh Barty e a holandesa Kiki Bertens, duas top 10 de simples, por 3/6, 7/6 (9-7) e 10-8 em 1h45. Strycova tem agora 28 títulos de duplas no circuito e Hsieh soma 25 troféus. Juntas, elas foram campeãs de Wimbledon no ano passado.

Número 1 do mundo em simples, Barty havia anunciado que doaria toda sua premiação de Brisbane para as vítimas dos incêndios na Austrália. A campanha em duplas rende US$ 44,8 mil, além dos US$ 22 mil que ela conseguiu por ter chegado às oitavas na chave individual.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis