Notícias | Dia a dia | ATP Cup
Nadal destaca mudança tática e já pensa na final
11/01/2020 às 16h30

Nadal passou a devolver o saque do australiano mais perto da linha de base e conseguiu quatro quebras

Foto: Divulgação

Sydney (Austrália) - A virada de Rafael Nadal sobre Alex de Minaur pela ATP Cup neste sábado foi bastante influenciada por um ajuste tático do espanhol. O número 1 do mundo disse que conseguiu mudar a dinâmica da partida depois que passou a devolver o saque do australiano mais próximo da linha de base. Com isso, o espanhol teve maior domínio das ações na parcial decisiva e conseguiu colocar o rival sob pressão, a ponto de quebrar quatro vezes seguidas o serviço do anfitrião.

Nadal, que teve um início complicado de partida, vinha sentindo o desgaste depois de ter atuado nas partidas de simples e duplas do confronto contra a Bélgica pelas quartas de final, na última sexta-feira.

"O início da partida foi difícil, porque o Alex estava jogando em um nível muito alto e minha energia estava um pouco menor do que o habitual. Ontem foi um dia muito longo em condições difíceis", disse Nadal, após a vitória por 4/6, 7/5 e 6/1 sobre Alex de Minaur neste sábado em Sydney.

“Você precisa ter a mente aberta para encontrar soluções. Eu não estava conseguindo ganhar muitos pontos na devolução durante todo o segundo set, então precisava mudar alguma coisa, e foi o que fiz", avaliou o espanhol, que fez só seis pontos no saque do adversário durante a parcial, quatro deles já no último game, para conseguir a quebra.

"Acho que avancei minha posição em torno de um metro, ou um metro e meio, especialmente no lado do iguais", explicou o número 1 do mundo. "Eu apenas tentei mudar um pouco a dinâmica, tentei mudar um pouco a energia da partida naquele momento e tentei fazer com que o adversário sentisse algo diferente do que vinha sentindo nos últimos 30 minutos. E então o jogo mudou, porque então a pressão estava do outro lado da quadra".

A Espanha garantiu vaga na final da edição inaugural da ATP Cup graças a Nadal e ao número 10 do mundo Roberto Bautista Agut, que derrotou Nick Kyrgios por 6/1 e 6/4 na abertura da rodada deste sábado. A final de domingo será contra a sérvia de Novak Djokovic. A série começa às 4h30 (de Brasília) com a partida entre Bautista Agut e Dusan Lajovic.

"Será uma final super difícil contra a Sérvia. Novak gosta de jogar aqui e eles têm um ótimo time. Mas Roberto jogou uma partida incrível nesta tarde e temos um bom time, por isso estamos prontos para o jogo", comentou Nadal, que fará seu 55º duelo contra Djokovic. O sérvio lidera o histórico de confrontos contra o espanhol por 28 a 26, além de ter 19 a 7 em partidas disputadas no piso duro.

Comentários