Notícias | Dia a dia
Série de vitórias e ritmo de jogo aninam Serena
10/01/2020 às 19h16

Serena venceu três jogos de simples e mais três de duplas neste começo de ano

Foto: Divulgação

Auckland (Nova Zelândia) - O começo de temporada para Serena Williams não poderia ser melhor até aqui. Depois de ficar fora do circuito desde a final do US Open do ano passado, a veterana de 38 anos inicia 2020 com três vitórias em simples e mais três em duplas no WTA de Auckland e segue na disputa pelos dois títulos na Nova Zelândia. Com isso, Serena acredita que chegará ao Australian Open com confiança e ritmo de jogo.

Depois de ter vencido a alemã Laura Siegemund por 6/4 e 6/3 pelas quartas de final em Auckland, Serena foi perguntada se ela se sentia em forma para a disputa do primeiro Grand Slam do ano e respondeu de forma afirmativa. "Definitivamente, sim. E sinto que a minha partida contra a McHale também foi ótima", avaliou a norte-americana, que havia buscado uma virada na rodada anterior.

"Foi ótimo ter disputado uma partida de três sets e corrido tanto. Sinto que hoje eu já estava me sentindo melhor e jogando melhor", comentou a ex-número 1 do mundo, que está na semifinal da chave de simples e é finalista de duplas ao lado da dinamarquesa Caroline Wozniacki. "Estou em boa forma, mas ter ritmo de jogo é um pouco diferente. Então, acho que todas essas partidas estão me ajudando".

A respeito da vitória sobre Siegemund, Serena destacou a versatilidade no estilo de jogo da alemã e a dificuldade para lidar com o vento na reta final da partida. "Foi bom para mim ter lutado tanto. Ela é uma ótima jogadora, subiu o nível e fez muitos winners, então não foi um jogo fácil".

"Sempre tento ter uma atitude mais positiva, mas fiquei um pouco negativa no final. Estava ventando muito", avaliou a norte-americana, que enfrentou break point quando sacava para o jogo. "Mas eu gosto de correr atrás de dropshots, por isso não me importo de enfrentar jogadoras que dão muitos dropshots. Eu sou muito rápida, principalmente correndo para a frente. Esse é um dos meus pontos fortes, então eu realmente não me importo".

Serena terá um duelo de gerações do tênis norte-americano contra a jovem de 18 anos Amanda Anisimova, por volta de 0h30 (de Brasília) deste sábado. Já a final de duplas, ao lado de Wozniacki será no domingo. Elas certamente enfrentarão rivais norte-americanas, que podem ser Coco Gauff/Cathy McNally ou Asia Muhammad e Taylor Townsend. Wozniacki ainda é semifinalista em simples e enfrenta a também estadunidense Jessica Pegula.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis