Notícias | Dia a dia
Nadal vira na dupla e coloca Espanha na semifinal
10/01/2020 às 11h08

Sydney (Austrália) - Não poderia ser mais sofrida a definição dos últimos semifinalistas da ATP Cup. A definição do confronto entre belgas e espanhóis foi para a partida de duplas, que acabou decidida somente no match-tiebreak. Rafael Nadal e Pablo Carreño saíram atrás, mas conseguiram a virada sobre Sander Gille e Joran Vliegen com parciais de 6/7 (7-9), 7/5 e 10-7.

A apertadíssima vitória da ‘Armada’ nas duplas classificou a equipe para as semifinais da competição, tendo agora pela frente os anfitriões australianos, que um dia antes também sofreram para avançar, salvando quatro match-points na partida decisiva de duplas.

Derrotado por David Goffin em simples, Nadal fez questão de voltar à quadra para buscar a redenção, que veio com bastante sofrimento. Ele e Carreño foram derrotados no primeiro set, que não ofereceu chances para qualquer um dos lados, e acabou definido no tiebreak em que Gille e Vliegen levaram a melhor.

O segundo set foi bastante tenso, principalmente na reta final. Os belgas deixaram escapar dois break-points no oitavo game, que os fariam sacar em 5/3 para fechar o jogo. As chances perdidas acabaram fazendo falta, já que Nadal e Carreño cresceram, obtiveram uma quebra no 11º game e na sequência salvaram dois breaks para empatar o duelo, vencendo o último ponto em um desafio de Rafa, que acusou uma invasão dos rivais confirmada pelo vídeo.

No match-tiebreak decisivo, os espanhóis aproveitaram o melhor momento e os ânimos em alta para arrancar a virada. Um mini-break no nono ponto e mais um no 13º fizeram Nadal e Carreño abrir 9-5. Os belgas então salvaram dois match-points, mas não resistiram ao terceiro, amargaram a virada e foram eliminados.

Comentários
Raquete novo
Suzana Silva