Notícias | Dia a dia | ATP Cup
Australianos se emocionam após vitória dramática
09/01/2020 às 19h37

Vaga na semifinal em Sydney foi confirmada depois que os australianos salvaram quatro match points

Foto: Divulgação

Sydney (Austrália) - Anfitriã da ATP Cup, a equipe da Austrália comemorou muito a classificação para a semifinal da competição entre países. A vaga na penúltima rodada veio com uma vitória dramática contra a Grã-Bretanha em Sydney, depois que os britânicos perderam quatro match points. A equipe da casa agora aguarda pelo confronto entre Espanha e Bélgica, que duelam a partir das 3h30 (de Brasília) desta sexta-feira.

"Foi demais! Hoje foi provavelmente um dos melhores momentos da minha carreira", disse Nick Kyrgios após a vitória no jogo de duplas ao lado de Alex de Minaur. Os australianos venceram Jamie Murray e Joe Salisbury por 3/6, 6/3 e 18-16.

"Chegar à semifinal nessa primeira ATP Cup foi bastante especial. Nós e toda a equipe nos importamos muito um com o outro, e eles estavam genuinamente muito empolgados com a vitória. Foi incrível! A adrenalina desse jogo me deixou exausto", acrescentou Kyrgios, que começou o dia vencendo Cameron Norrie por duplo 6/2.

Alex de Minaur destacou seu poder de reação. Ele havia perdido para Daniel Evans por 7/6 (7-4), 4/6 e 7/6 (7-2) em duelo de 3h12. "Depois que fui convocado para jogar as duplas, eu esqueci a partida de simples", comenta o jovem jogador de 20 anos. "Hoje é um dos melhores dias da minha vida. Não vou mentir. Eu faria qualquer coisa pela equipe. Quero dizer, eu sabia que, se eu fosse para a quadra no jogo de duplas, daria o meu melhor e estaria cheio de energia".

O ex-número 1 do mundo e capitão australiano Lleyton Hewitt também comemorou o grande resultado de seus compatriotas. "Os jogadores querem jogar pelo seu país. Não há dúvida sobre isso. O tênis é um esporte muito individual ao longo do ano. Então, essa oportunidade é muito especial para eles".

"Eu disse a eles antes de iniciarmos este evento, que tínhamos muita sorte de estar em nosso quintal. Temos a oportunidade de jogar como uma equipe do nosso país e em nossas quadras. Nós nos sentimos privilegiados por poder fazer isso", complementou o vencedor de dois Grand Slam e 30 títulos no circuito profissional.

Comentários