Notícias | Dia a dia
Ativista cobra posicionamento de Roger Federer
09/01/2020 às 12h30

Lausanne (Suíça) - O suíço Roger Federer está sob pressão devido ao seu compromisso como embaixador publicitário do Credit Suisse. A ativista Greta Thunberg compartilhou uma campanha promovida nas redes sociais com a hashtag #RogerWakeUpNow, que vem cobrando um posicionamento do tenista a respeito do apoio que recebe do banco suíço, um de seus patrocinadores.

Segundo informa o site suíço Watson, as pessoas pedem a Federer que encerre seu compromisso com o Credit Suisse, que recentemente vem recebendo inúmeras críticas dos ambientalistas por continuar investindo muito dinheiro em empresas que promovem combustíveis fósseis. Em novembro de 2018, grevistas do clima protestaram em Lausanne, ocupando temporariamente a sede do banco suíço.

“Roger Federer, torne-se campeão do clima e não empreste sua imagem ao Credit Suisse, que financia a destruição de nosso futuro e do futuro dos nossos filhos”, disse uma das mensagens nas redes sociais.

Em sua defesa, o banco soltou um comunicado afirmando que combater o aquecimento global é importante. "O Credit Suisse quer alinhar suas carteiras de empréstimos aos acordos climáticos de Paris e, como parte de sua abrangente estratégia climática, anunciou recentemente que não investiria mais em novas usinas a carvão".

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis