Notícias | Dia a dia
Rublev vence em Doha, Raonic e Tsonga caem
08/01/2020 às 17h38

Rublev confirmou o favoritismo e garantiu seu lugar nas quartas de final

Foto: Divulgação

Doha (Qatar) - A quarta-feira foi de emoções distintas para os principais favoritos que estiveram em quadra pelo ATP 250 de Doha, no Qatar. Enquanto Andrey Rublev confirmou o favoritismo na estreia e garantiu seu lugar nas quartas de final, Milos Raonic e Jo-Wilfried Tsonga foram surpreendidos por jovens adversários.

Rublev precisou de apenas 1h09 para superar seu primeiro desafio no torneio. Segundo cabeça de chave e número 23 do mundo, o russo marcou as parciais de 6/4 e 6/2 contra o cazaque Mikhail Kukushkin, 66º colocado.

O adversário de Rublev nas quartas de final será o francês Pierre-Hugues Herbert, que passou com tranquilidade pelo sérvio Laslo Djere, anotando as parciais de 6/1 e 6/3. O russo de 22 anos jamais enfrentou Herbert, experiente atleta de 28 anos e 65º colocado no ranking mundial.

Tsonga não conseguiu exercer sua condição de terceiro favorito no torneio. O veterano francês de 34 anos e número 30 do mundo perdeu um duelo de gerações para o sérvio Miomir Kecmanovic, promissor atleta de 20 anos e 62º do ranking. Kecmanovic venceu a partida por 7/6 (11-9) e 6/1 em 1h14 e vai enfrentar o húngaro Marton Fucsovics.

Logo na sequência, foi a vez de Milos Raonic ser eliminado do torneio. O canadense de 29 anos e número 32 do ranking era o cabeça 4 na disputa, mas caiu diante do francês de 20 anos e 81º colocado Corentin Moutet. Em duelo de dois tiebreaks, Moutet anotou um duplo 7/6 (7-4). Com isso, garantiu vaga para enfrentar o espanhol Fernando Verdasco na próxima fase.

A quinta-feira será de rodada cheia pelas quartas de final em Doha, com destaque para o embate entre Stan Wawrinka e Aljaz Bedene, que começa por volta de 12h30 (de Brasília). Principal cabeça de chave do torneio e número 15 do mundo, Wawrinka é o único top 20 inscrito em Doha. O suíço de 34 anos lidera o histórico contra Bedene, atleta de 30 anos e 58º colocado, por 3 a 1.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis