Notícias | Dia a dia
Djokovic fecha fase de grupos perfeita em Brisbane
08/01/2020 às 00h30

Djokovic mostrou outra vez solidez no fundo de quadra e devoluções de grande qualidade o tempo todo

Foto: ATP

Brisbane (Austrália) - Sem qualquer sinal de incômodo no braço direito, Novak Djokovic fechou de forma impecável sua participação na primeira fase da ATP Cup. Novamente não perdeu set e bateu o jovem chileno Cristian Garin, por 6/3 e 6/3.

Com a vitória pouco antes de Dusan Lajovic sobre Nicolas Jarry, por 6/2 e 7/6 (7-3), a Sérvia garantiu sua terceira vitória na estreante competição, tendo superado também África do Sul e França. Os chilenos saíram sem triunfos, somando apenas uma vitória nas nove partidas realizadas.

Como campeão do grupo A, a Sérvia aguarda o adversário das quartas de final, que será o segundo país com melhor desempenho entre os seis que não foram campeões de chave (Bélgica e Canadá são os mais cotados no momento). O duelo acontecerá na manhã de sexta-feira (horário local), em Sydney.

O número 2 do ranking repetiu na noite desta terça-feira as exibições firmes que teve diante de Kevin Anderson e Gael Monfils. No primeiro set, sacou com eficiência e foi especialmente aplicado nas devoluções, fator que colocou Garin sob pressão o tempo todo. Aproveitou o único break-point que surgiu. O sérvio cedeu apenas cinco pontos com seu serviço, mesmo tendo acertado apenas 56% do primeiro saque.

A outra série viu pequenas oscilações. Garin obteve uma quebra para ir a 3/1, mas daí em diante sacou muito mal - apenas 37% de aproveitamento do primeiro serviu - o que permitiu a Djokovic recalibrar as devoluções. Reagiu e virou para 5/3, liquidando em seguida.

A campanha rendeu até agora 170 pontos a mais no ranking para Djokovic. Matematicamente no entanto não exista a chance de superar Rafael Nadal mesmo que a Sérvia leve o título da competição.

Comentários
Loja - livros
Suzana Silva