Notícias | Dia a dia
Barty doará premiação para vítimas de incêndios
05/01/2020 às 14h10

Brisbane (Austrália) - A expectativa pelo posicionamento da australiana Ashleigh Barty a respeito dos incêndios que assolam o país teve um ponto final neste domingo, quando a número 1 do mundo se pronunciou anunciando que irá doar toda sua premiação conquistada no Premier de Brisbane para o fundo da Cruz Vermelha contra incêndios florestais.

“Pensei junto com minha equipe e minha família a melhor maneira de ajudar. houve algumas ótimas iniciativas de jogadores de críquete, tenistas, jogadores de golfe, jogadores de futebol de todo o país tentando o mesmo. Chegamos à decisão de que toda a minha premiação em dinheiro conquistada aqui em Brisbane será doada à Cruz Vermelha para o auxílio às famílias afetadas”, disse Barty.

+ Kyrgios arrecada dinheiro para vítimas de incêndio
+ Melbourne terá jogo em prol de vítimas do incêndio
+ ATP também irá ajudar vítimas de incêndio na Austrália

Resta agora saber qual será o desempenho da australiana em seu primeiro torneio da temporada para ver qual o montante doado. Cabeça de chave número 1 na competição, Barty entra direto na segunda rodada e por isso não sairá de Brisbane com menos de US$ 22.050. Logo na estreia, ela poderá enfrentar a russa Maria Sharapova.

A premiação quase dobra de rodada para rodada, podendo alcançar até os US$ 266 mil dados à campeã, que levará para casa também 470 pontos no ranking. Para ficar com o título, Barty terá que superar uma chave que conta com cinco campeãs de Grand Slam só na parte de cima da tabela.

Mesmo jogando em casa, Barty deverá ficar de fora da Pat Rafter Arena nos primeiros dias por causa da disputa da ATP Cup. “As eliminatórias geralmente acontecem nas quadras externas e é lá que estamos treinando. Portanto, não acho que realmente importe qual é a quadra. O tamanho da quadra é o mesmo”, afirmou a líder do ranking da WTA.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis