Notícias | Dia a dia
Experiente, Kerber dá 'conselho de nº 1' a Barty
03/01/2020 às 12h42

Kerber liderou o ranking por 34 semanas e deu dicas para a atual número 1

Foto: Divulgação

Brisbane (Austrália) - Prestes a completar 32 anos neste mês de janeiro, Angelique Kerber tem experiência de sobra quando o assunto é jogar em alto nível no circuito. Em sua chegada à Brisbane, a ex-número 1 do mundo e dona de três títulos de Grand Slam foi perguntada sobre os conselhos que daria à australiana Ashleigh Barty, jovem de 23 anos e atual líder do ranking.

"Ela sempre é uma adversária difícil. É uma ótima jogadora e ótima pessoa também. Estou muito feliz por ela ter alcançado o número 1", disse Kerber nesta sexta-feira. "É sempre mais difícil começar o ano como número 1 do do mundo, mas acho que ela vai lidar bem com essa situação".

"Você precisa melhorar em todos os torneios e em todos os anos. Porque, depois que você ganha um Grand Slam, todo mundo vai querer ganhar de você", afirmou a canhota alemã, que liderou o ranking mundial por 34 semanas na carreira e terminou o ano de 2016 na primeira posição.

"Ela vai ter toda a pressão e expectativa, especialmente aqui na Austrália. Mas conheço bem tanto ela quanto a equipe. Ela vinha jogando muito bem, particularmente no final do ano passado, e tenho certeza de que continuará assim", complementou a veterana jogadora.

Kerber teve um 2019 abaixo de suas expectativas. Ela iniciou a temporada como número 2 do mundo e aparece atualmente na 20ª posição. Depois de trabalhar com Rainer Schuettler no primeiro semestre do ano passado e de passar um tempo sem treinador, a canhota alemã anunciou que Dieter Kindlmann será seu novo técnico.

Por enquanto, Kerber evita falar sobre suas metas de ranking ou resultados. "Talvez agora, esse não seja realmente o foco. É sempre bom se concentrar mais no que você faz na quadra", explica a alemã. "Eu estava realmente ansiosa para 2019 terminar. Estamos em 2020 agora e estou animada para começar tudo de novo".

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis