Notícias | Dia a dia
Afastada há sete meses, Zvonareva não vai à Austrália
31/12/2019 às 11h20

Zvonareva foi duas vezes semifinalista em Melbourne, mas não disputa o torneio desde 2015

Foto: Divulgação

Melbourne (Austrália) - Duas vezes semifinalista do Australian Open e ex-número 2 do mundo, a russa Vera Zvonareva desistiu de disputar o torneio em 2020. A veterana russa de 35 anos e atual 159ª colocada no ranking segue tratando de uma lesão no punho esquerdo, que já a incomoda há alguns meses, e terá que adiar o início da temporada.

Zvonareva está sem jogar desde Roland Garros, no final de maio. Ela havia solicitado o ranking protegido para entrar diretamente na chave do Australian Open, sem precisar jogar o qualificatório, mas teve que abrir mão desse direito. A russa atingiu a penúltima rodada em Melbourne nos anos de 2009 e 2011, mas não disputa a chave principal do torneio desde 2015. Na última temporada, caiu ainda do quali.

Vencedora de 12 títulos de WTA, o último em julho de 2011 em Baku, Zvonareva tem um longo histórico de lesões no ombro direito e no quadril, chegando a ficar dois anos sem jogar. Durante a pausa na carreira, ela aproveitou para se dedicar aos estudos e também para se tornar mãe.

A russa voltou às quadras em abril de 2017, com o ranking zerado, e conseguiu voltar ao top 100 em janeiro deste ano. Depois de fazer um bom primeiro semestre, com finais em Shenzhen e São Petersburgo, ela chegou a ocupar a 76º posição. Mas o punho passou a incomodá-la durante a temporada de saibro. Zvonareva tem duas finais de Grand Slam no currículo, alcançadas em Wimbledon e no US Open em 2010.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis