Notícias | Dia a dia
ATP Cup terá revisão de vídeo como Next Gen Finals
27/12/2019 às 17h06

Sydney (Austrália) - Depois de ser implementada com sucesso no Next Gen Finals, a Revisão de Vídeo será usada também na edição inaugural da ATP Cup, realizada entre os dias 3 e 12 de janeiro de 2020. Ela será feita usando a tecnologia Advanced Hawk-Eye. Os jogadores poderão pedir revisão por vídeo de lances como quique duplo da bola, invasão de lado de quadra ou toque na rede.

"A função dos juízes é acertar as coisas em uma partida, então aqui está outra ferramenta para isso", disse Gayle David Bradshaw, vice-presidente executivo de regras e competição da ATP. “Normalmente há r muita coisa em um julgamento. Se eles fizerem uma má escolha e houver uma maneira clara de corrigi-la, somos a favor”, acrescentou.

Quando uma chamada passível de revisão é contestada, o operador de Revisão de Vídeo usa todos os ângulos de câmera disponíveis para encontrar a melhor visualização do incidente. Eles enviarão o vídeo para uma tela anexada à cadeira do árbitro da cadeira.

Se o sistema de revisão de linha não puder fazer uma determinação, o árbitro da mesa poderá revisar a chamada para obter evidências claras que confirmam ou anulam a chamada na quadra. Se não houver evidência clara, a decisão original permanece.

"No ano passado, em Wimbledon, houve um ponto em que um jogador venceu duas vezes e acabou perdendo", explicou Bradshaw. “Primeiro houve uma bola que pingou duas vezes e não foi chamada, em seguida seu oponente jogou fora uma bola que foi considerada boa. Eles estão mostrando isso nas repetições da televisão e você pode ver claramente e neste caso a revisão de vídeo resolveria todo o problema”, finalizou.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis