Notícias | Dia a dia
Djokovic foi o único a somar 600 vitórias na década
27/12/2019 às 15h55

Miami (EUA) - Escolhido pela ATP como o melhor jogador da última década, o sérvio Novak Djokovic conseguiu enormes feitos nos últimos dez anos e os números provam isso. Além de ter conquistado 15 de seus 16 títulos de Grand Slam nesse período, ele foi o único a superar a marca das 600 vitórias.

O sérvio venceu 630 partidas na última década e de quebra teve o melhor aproveitamento do Big 3 (86,3%). O espanhol Rafael Nadal foi o segundo mais vitorioso, com 576 triunfos e aproveitamento de 84,5%, com o suíço Roger Federer terminando em terceiro, somando 559 vitórias e aproveitamento de 83,7%.

No recorte por piso, cada um dominou naquele que mais se destaca. Djokovic foi o melhor no piso duro com 416 vitórias, Nadal mandou no saibro com seus 255 triunfos e 33 títulos, e Federer foi aquele que mais se deu bem na grama com 99 vitórias.

Já em relação à liderança do ranking, o sérvio foi muito superior e ficou mais tempo na ponta do que Nadal, Federer e o britânico Andy Murray neste período. Djokovic acumulou 275 semanas, contra 158 de Nadal, 48 de Federer e mais 41 de Murray. Contudo, o espanhol foi o único que permaneceu o tempo todo no top 10 ao logo desses dez anos computados.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis