Notícias | Dia a dia
Foco de Muguruza em 2020 são Slam e Olimpíada
27/12/2019 às 11h55

Madri (Espanha) - A temporada de 2019 não terminou nada boa para a espanhola Garbiñe Muguruza, que depois de Roland Garros só conseguiu vencer uma única partida. Mesmo assim, a tenista de 26 anos está esperançosa para a próxima temporada e acredita que possa recuperar seu melhor jogo ao lado de Conchita Martínez.

“Começaremos do zero, com baterias carregadas e uma nova equipe técnica. Conchita e eu nos conhecemos há muito tempo e compartilhamos momentos muito bonitos, incluindo meu título em Wimbledon. Estamos muito animadas para este 2020, que espero ser repleto de sucessos”, afirmou a espanhola em entrevista à Europa Press.

Muguruza tem como objetivo no próximo ano ir longe nos Grand Slam e brigar por uma medalha olímpica. “Tentarei ir o mais longe possível em todos eles. Não há nenhum que me deixe mais animada do que outro, mas talvez os Jogos gerem mais entusiasmo pelo fato de serem disputados a cada quatro anos. Uma medalha olímpica seria impressionante e especial para minha carreira”.

Ex-número 1 do mundo, a espanhola falou também sobre o enorme equilíbrio no circuito. “Há cada vez mais jogadoras jovens com um novo estilo de jogo e por isso permanecer no topo do ranking é cada vez mais complicado. Você não pode descer nem meio passo porque imediatamente acaba despencando muitas posições no ranking”, disse Muguruza, que aproveitou para aconselhar as mais jovens.

“Atualmente são várias as jogadoras adolescentes e elas estão sendo analisadas a fundo pela mídia, ficam praticamente nuas. Por isso precisam ser fortes para não afundar nos maus momentos, especialmente em um esporte individual como o tênis. Quando você está bem, eles te bajulam, mas quando está mal ninguém se lembra de você. A chave para uma boa carreira é saber lidar com os bons e maus momentos”, finalizou a atual 36 do mundo.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis