Notícias | Dia a dia
Robredo lamenta fase ruim, mas não quer parar
26/12/2019 às 20h21

Madri (Espanha) - Aos 37 anos de idade, o espanhol Tommy Robredo está bem longe de sua melhor fase no circuito. Ocupando atualmente a modesta 205ª colocação no ranking, ele já chegou a ser o número 5 do mundo, mas na temporada que passou os resultados não vieram. Jogando praticamente só challengers, o veterano tenista disputou somente um ATP em 2019 e sequer passou da estreia em Gstaad.

Mesmo com a idade avançada e os resultados ruins, Robredo ainda acredita que pode dar a volta por cima. "Atualmente estou me sentindo bem e ansioso pelo que está por vir em 2020. Adoraria ter bons sentimentos na quadra, ser competitivo nos torneios em que jogar e voltar a competir torneios em que não vou há muito tempo e que gostaria de jogar antes de me aposentar”, afirmou o espanhol em entrevista ao Marca.

“Obviamente, me incomoda me ver tão baixo no ranking e meu objetivo agora não é outro senão buscar uma ascensão. Fecho a temporada com algumas dúvidas, já que foi um ano difícil, com falta de bons sentimentos e resultados. Mas se aprendi alguma coisa durante esses últimos anos é que esses momentos são mais uma oportunidade para melhorar e continuar trabalhando no caminho certo”, observou Robredo.

A próxima temporada de Robredo começará na Austrália, onde buscará uma vaga no primeiro Grand Slam do ano através do qualificatório junto com os brasileiros Thiago Wild e João Menezes. “Após a breve turnê pela Austrália, partirei para a América do Sul, onde jogarei um torneio challenger e tentarei entrar em nos qualis dos ATP 250 ou 500”, declarou o espanhol.

Robredo sabe também que a aposentadoria após o próximo ano é uma realidade, ainda que não seja o plano A do tenista. “Quero dar o máximo nesta temporada e no final veremos o que acontece. Não penso em deixar o tênis no momento, mas se acabar planejando encerrar a carreira no final do ano, não teria problemas em fazer isso. Mas no momento isso não me ocorre”, encerrou.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis