Notícias | Dia a dia
Murray revela vício em videogames até anos atrás
23/12/2019 às 12h57

Londres (Inglaterra) - Até alguns anos atrás, o tênis dividia o coração do britânico Andy Murray com os jogos de videogame. Em entrevista à BBC, o ex-número 1 do mundo revelou que se trancava em seu quarto entre um jogo e outro durante os torneios que disputava para jogar Modern Warfare 2 e ProEvolution Soccer.

“Tudo o que foi dito sobre isso é verdade. Viajava para todos os torneios com o console e passava o dia jogando. Mesmo se eu tivesse que entrar em quadra no dia seguinte, poderia ficar jogando até 3 horas da manhã. Foi assim até eu fazer 25 ou 26 anos; a partir desse momento quase não joguei de novo”, contou o atleta de 32 anos.

Murray também falou sobre seu fanatismo com os filmes de James Bond. “Gosto muito desde que era bem jovem, vi todos os filmes mais de uma vez, conheço diálogos inteiros. Quando adolescente, criei uma conta de e-mail cujo apelido era uma homenagem ao filme e devo dizer que nunca me preocupei em alterá-lo”, disse o britânico.

“Ao longo dos anos, quando eles me pedem meu endereço de e-mail, fico um pouco envergonhado de dar e situações engraçadas já aconteceram por causa disso”, finalizou o atual 125 do mundo, que mudou os planos de pré-temporada por causa de uma lesão na virilha, mas acredita estar pronto de volta para a disputa do Australian Open.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis