Notícias | Dia a dia
Halep lamenta morte de seu primeiro treinador
23/12/2019 às 12h20

Bucareste (Romênia) - Responsável por ajudar a romena Simona Halep em seus primeiros passos no tênis, o treinador Nicușor Ene sofreu um ataque cardíaco e não resistiu, morrendo aos 61 anos de idade. A ex-número 1 do mundo ficou sabendo da notícia através de um telefonema da mãe e lamentou muito o ocorrido. 

“Desembarquei em Dubai, o local onde farei minha pré-temporada me preparando para o novo ano, e assim como de costume logo em seguida liguei para minha mãe. Hoje a ligação terminou com a triste notícia de que o professor Ene nos deixou, uma pessoa gentil”, escreveu a romena em sua conta no Facebook no dia 21 de dezembro.

“Ele não me repreendeu uma vez sequer em todos os quatro anos em que me ensinou absolutamente tudo sobre o tênis. Foi um dos alicerces nessa minha maravilhosa carreira. Agradeço enormemente sua presença ao meu lado nas quadras de Constanța e quando comemorei o troféu de Wimbledon. Sempre estará na minha alma, Deus o abençoe!”, completou Halep. 

Segundo informa os romenos da a1, o técnico, aos 61 anos de idade, sofreu um ataque cardíaco em 19 de dezembro, sendo transportado para o Hospital Universitário da Capital, em estado grave. Nicușor Ene foi quem descobriu o talento de Simona Halep no tênis e no esporte, quando a campeã estava na escola. 

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis