Notícias | Dia a dia
Osaka: 'É bobagem excluir Serena da luta pelo AO'
23/12/2019 às 10h49

Perth (Austrália) - Atual campeã do Australian Open, a japonesa Naomi Osaka já começa a projetar sua próxima temporada e a defesa do título em Melbourne. Em entrevista ao Perth Now, a ex-número 1 do mundo falou sobre as principais concorrentes ao título no primeiro Grand Slam do ano e destacou a norte-americana Serena Williams e também a atual líder do ranking Ashleigh Barty.

“É bobagem excluir Serena da luta pelo Australian Open, ela foi finalista em Wimbledon e no US Open, é uma das dez melhores do mundo mesmo jogando bem menos por causa de seu físico. Acho que é uma das jogadoras capazes de vencer torneios desse calibre, além do mais, está lutando para conseguir o recorde de Grand Slams vencidos. Vamos ver se consegue ou não”, afirmou Osaka.

A japonesa fez questão de reforçar a importância das irmãs Williams em sua carreira. “Não jogaria tênis se não fosse Serena e sua irmã Venus. Cresci assistindo as duas jogarem e poder estar no circuito com elas e enfrentá-las de vez em quando é algo muito especial. Definitivamente, Serena é meu ídolo e é a tenista que eu mais admiro”, destacou a atual número 3 do mundo.

Outro nome forte destacado por Osaka é o de Barty, que vive grande momento no circuito, joga em casa e terá a chance de encerrar um jejum de 44 anos. “Adoraria ser a número 1 no mundo novamente, mas acho que Barty merece estar nessa posição. Ela teve um 2019 incrível, ganhou grandes torneios, incluindo um Grand Slam e o WTA Finals de Cingapura”, falou a japonesa.

“Ash é uma jogadora sensacional e sei que nos enfrentaremos muitas vezes no futuro. Além disso, ela é uma garota muito legal e sempre quer saber como você está”, completou Osaka, que abrirá a temporada no WTA de Brisbane junto com Barty e também com a tcheca Karolina Pliskova, em um torneio que terá mais três top 10 em sua chave.

Comentários
Loja - livros
Suzana Silva