Notícias | Dia a dia
Atuações em Abu-Dhabi animam Nadal para 2020
22/12/2019 às 08h32

Nadal conquistou pela quinta vez o título na série de exibições em Abu-Dhabi

Foto: Divulgação

Abu-Dhabi (Emirados Árabes) - Depois de conquistar pela quinta vez na carreira o título na série de exibições de Abu-Dhabi, Rafael Nadal segue bastante confiante para o início da próxima temporada. O número 1 do mundo havia dominado a partida contra Karen Khachanov na estreia e venceu um equilibrado embate de 3h10 contra Stefanos Tsitsipas na final da competição de caráter amistoso. Seu próximo compromisso será a ATP Cup, antes iniciar a busca pelo segundo título no Australian Open.

"Fiz duas ótimas partidas no torneio", disse Nadal após a vitória por 6/7 (3-7), 7/5 e 7/6 (7-3) sobre Tsitsipas no último sábado. "É um verdadeiro prazer vir até aqui. Ganhar esse quinto título significa muito para mim. Espero que eu possa me manter saudável e espero voltar no próximo ano", afirmou o experiente jogador, que participou de dez das doze edições do evento.

"Eu estava atrás no placar e passei por momentos difíceis no segundo set", lembrou o espanhol, que chegou a salvar dois break points quando a parcial estava empatada por 4/4. "Mas tive que encontrar um jeito de virar o jogo. Eu precisei lutar muito e dei o meu melhor em quadra. É sempre difícil enfrentar um jogador como ele. Acredito que ele chegou aqui com uma preparação melhor, porque a minha temporada terminou mais tarde, por causa da Copa Davis. Estou super feliz com a vitória".

Ainda que a partida de exibição não entre para as estatísticas oficiais do confronto, este foi mais um embate equilibrado entre Nadal e Tsitsipas. Eles já haviam protagonizado uma partida de 2h52 durante a fase de grupos do último ATP Finals. Na ocasião, o espanhol também venceu o jogo, mas a vitória foi insuficiente para avançar de fase, enquanto o grego conseguiu se classificar e terminaria a semana como campeão.

"Jogar contra Stefanos é sempre um grande desafio para mim. Ele é jovem e tem muita energia. Então, desejo tudo de bom para ele na temporada de 2020", acrescentou o número 1 do mundo, que tem cinco vitórias e apenas uma derrota contra Tsitsipas em partidas oficiais do circuito.

Já Tsitsipas vinha de duas vitórias em Abu-Dhabi, já que bateu Andrey Rublev na estreia e Novak Djokovic na semifinal, e espera manter o embalo em 2020. O grego de 21 anos já afirmou que entre suas metas para o próximo ano estão ganhar um Grand Slam e figurar entre os três melhores do ranking mundial.

"É ótimo terminar o ano assim. Acho que jogamos um tênis de alta qualidade hoje e espero que o público tenha gostado", comenta o grego. "Eu nunca joguei uma partida de exibição tão longa. E, provavelmente, foi um dos jogos mais longos da minha carreira. Foi uma dura derrota hoje, mas eu dei tudo de mim por aí. Então estou feliz. Tive muito apoio da torcida e acho que fiz 8 mil novos amigos hoje".

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis