Notícias | Dia a dia
Após campanha, venezuelano começa a tratar do câncer
21/12/2019 às 11h08

Roberto Maytin foi diagnosticado em novembro com câncer no testículo

Foto: Arquivo

Miami (EUA) - Pouco mais de duas semanas depois de criar uma campanha de arrecadação de fundos para cuidar de sua saúde, o jogador venezuelano de 30 anos Roberto Maytin já começa o tratamento contra o câncer. Ele foi diagnosticado em novembro com um tumor no testículo, que se espalhou por outras partes de seu corpo.

Atual 136º colocado no ranking de especialistas em duplas na ATP, Maytin arrecadou US$ 40 mil para financiar o tratamento nos Estados Unidos. Ele já passou pelo primeiro dos quatro estágios de quimioterapia necessários para tratar da doença e divulgou um vídeo nas redes sociais dando detalhes de sua recuperação.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Roberto Maytin (@elsanmaytin) em

"Gostaria de agradecer a todas as pessoas que me deram força para me apoiar nesse processo tão difícil", comentou Maytin, em seu perfil no Instagram. "Não tenho palavras para agradecer a cada pessoa que me mandou uma mensagem e que se preocupou comigo. E também agradeço às pessoas que me ajudaram financeiramente, pela campanha no [site] Gofundme, para que eu pudesse seguir meu tratamento".

"Quero também informá-los que terminei a primeira etapa da quimioterapia. São quatro ciclos. Como vocês podem ver, já não tenho mais cabelo. Mas graças a vocês, estou aqui com muita força e muita energia para seguir em frente. Alguns dias são difíceis, outros são um pouco mais fáceis, mas vocês me mandam muita energia e carinho. Muito obrigado a todos vocês", acrescentou o venezuelano.

Ao longo da última temporada, Maytin conquistou quatro títulos de duplas em torneios challenger, em Tiburon, Columbus, Savannah eTallahassee. O melhor ranking de sua carreira profissional foi o 86º lugar entre os duplistas, na temporada de 2015. Em simples, atingiu apenas o 643º lugar do ranking e só atuou em torneios de nível future. Ele tem histórico de dez vitórias e cinco derrotas nas duplas pela equipe venezuelana da Copa Davis e perdeu o único jogo de simples que fez pela competição.

Comentários
Loja - livros
Suzana Silva