Notícias | Dia a dia
Australiano foi quem mais furou qualis no último ano
20/12/2019 às 11h06

Turim (Itália) - Antes de cada torneio que acontece na ATP, entram em ação aqueles jogadores que não conseguiram vaga direto na chave principal e que buscam através do qualificatório algumas das vagas restantes. Nesta dura batalha semanal, o australiano Alexei Popyrin foi o mais competente em 2019, conseguindo furar 10 qualis na temporada.

Segundo levantamento feito pelo jornalista italiano Luca Fiorino, da SuperTennisTV, o australiano foi o jogador que mais teve êxito em passar pelas fases prévias e assim conseguir um lugar na chave principal. Ele teve boa vantagem sobre os segundos colocados, com quatro qualis furados a mais do que eles.

Ficaram empatados na segunda colocação o italiano Lorenzo Sonego, o britânico Daniel Evans, o boliviano Hugo Dellien, o sul-coreano Soonwoo Kwon e o alemão Yannick Maden, cada um deles superando seis qualificatórios durante o ano.

Atual 97 do mundo, Popyrin aproveitou as entradas nas chaves principais para conseguir melhorar seu ranking durante o ano, ganhando 50 colocações. O australiano de 20 anos se deu bem nos qualis de Acapulco, Indian Wells, Monte Carlo, Estoril, Stuttgart, Wimbledon, Chengdu, Tóquio, Estocolmo e Basileia.

Além de mostrar tenacidade e capacidade para superar 10 qualificatórios no ano, ele também contou com a sorte em mais um, entrando no ATP 250 de Nova York como lucky-loser. Popyrin foi um dos 49 perdedores sortudos da temporada, com destaque para quatro nomes que entraram de lucky-loser em três torneios em 2019.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis