Notícias | Dia a dia
Nadal, Murray e italianos são premiados pela ATP
19/12/2019 às 14h55

Miami (EUA) - A tradicional premiação de fim de ano da ATP não escolheu apenas os favoritos dos fãs, cujo domínio continuou nas mãos do suíço Roger Federer e dos irmãos Bob e Mike Bryan. Também foram definidas categorias como a de esportividade, que pela terceira vez ficou com o espanhol Rafael Nadal.

O atual número 1 do mundo tem sido o único a conseguir quebrar a hegemonia de Federer no Prêmio Stefan Edberg de Esportividade nesses últimos anos. De 2004 para cá, o suíço foi eleito pelos companheiros de circuito 13 vezes e só perdeu para Nadal em 2010, 2018 e neste ano.

Já o retorno do ano ficou com o britânico Andy Murray, que começou 2019 cogitando a aposentadoria, passou por uma segunda cirurgia no quadril e não apenas voltou ao circuito, mas também conquistou seu primeiro título em mais de dois anos, levantando a taça do ATP 250 da Antuérpia.

Destaque também para o tênis italiano, que apareceu com dois nomes. O primeiro deles é de Matteo Berrettini, eleito o jogador de maior evolução na temporada. Também foi lembrado o promissor Jannik Sinner, que começou o ano no 553º lugar e terminou no 78º, sendo o mais jovem a fechar uma temporada no top 80 desde Nadal (em 2003). O atleta de 18 anos foi escolhido pelos jogadores como o novato do ano.

Veja a lista completas dos premiados pela ATP:

Retorno do ano: Andy Murray
Jogador que mais evoluiu: Matteo Berrettini
Novato do ano: Jannik Sinner
Prêmio Stefan Edberg de Esportividade: Rafael Nadal
Prêmio Humanitário Arthur Ashe: Kevin Anderson
Favorito dos fãs (simples): Roger Federer
Favorito dos fãs (duplas): Bob e Mike Bryan
Treinador do Ano: Gilles Cervara, técnico de Daniil Medvedev
Prêmio Tim Gullikson para carreira de treinador: Tony Roche (trabalhou com Roger Federer , Lleyton Hewitt , Patrick Rafter e Ivan Lendl)
Prêmio Ron Bookman de Excelência em Mídia: Courtney Walsh
Torneio do Ano ATP Masters 1000: Indian Wells
Torneio do Ano ATP 500: Acapulco
Torneio do Ano ATP 250: Doha
Torneio do Ano ATP Challenger: Puerto Vallarta, Braunschweig, Heilbronn e Szczecin

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis