Notícias | Dia a dia
Argentino vence 18 seguidas e assume nº 1 juvenil
16/12/2019 às 16h33

Thiago Tirante venceu Eddie Herr, Orange Bowl e Aberto Mexicano nas últimas semanas

Foto: Divulgação

Plantation (EUA) - Com uma impressionante sequência de vitórias na reta final da temporada, o argentino Thiago Tirante terminará a temporada na primeira posição do ranking mundial juvenil da ITF. No último domingo, ele alcançou sua 18ª vitória consecutiva e conquistou o tradicional torneio Orange Bowl, em Plantation, na Flórida. Tirante venceu uma final argentina contra Juan Bautista Torres por 6/0 e 6/3.

Nas últimas semanas, Tirante conquistou três títulos importantes no circuito mundial juvenil. A série começou ainda no final de novembro, quando ele venceu o Aberto Junvenil Mexicano, no saibro de Mérida. Já na semana passada, conquistou o torneio Eddie Herr, em Bradenton, na Flórida. Na ocasião, ele também disputou uma final argentina, mas contra Roman Burruchaga. Das últimas 18 vitórias, 12 foram sem perder um set sequer.

A série de vitórias nas últimas três semanas rendeu 1.280 dos atuais 2.755 pontos que Tirante possui no ranking mundial juvenil. São 500 pontos do Orange Bowl e do Aberto Mexicano, de categoria ITF JA. Já o Eddie Herr é nível ITF J1. O argentino ainda ganhou um título importante em Porto Alegre, foi finalista em Milão e no Sul-Americano Individual (disputado em São Paulo) e foi campeão de duplas no juvenil de Roland Garros, em parceria com o brasileiro Matheus Pucinelli.

Como profissional, Tirante aparece no 740º lugar do ranking da ATP. O jovem argentino de 18 anos venceu 17 jogos em torneios de nível future na temporada, com direito a uma final no México. Ele também conseguiu em 2019 sua primeira vitória em torneios challenger.

Norte-americana de 15 anos vence no feminino
A canhota norte-americana Robin Montgomery conquistou o título na chave feminina. A jogadora de apenas 15 anos venceu a final contra a bielorrussa Jana Kolodynska por 7/6 (7-4) e 6/3. Com o título, Montgomery irá saltar do 24º para o 8º lugar do ranking mundial juvenil e terá a melhor marca da carreira. Ela disputou apenas três torneios profissionais em 2019, mas chegou às quartas em um ITF de US$ 15 mil em Carson, na Califórnia.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis