Notícias | Dia a dia
Djoko fará rara maratona antes do Australian Open
16/12/2019 às 10h44

Melbourne (Austrália) - O começo da temporada de 2020 será bastante movimentado para o sérvio Novak Djokovic, que irá encarar uma rara sequência de torneios às vésperas de um Grand Slam. Atual número 2 do mundo, ele disputará a ATP Cup e o ATP 250 de Adelaide nas semanas que antecedem o Australian Open e não terá descanso antes de ir para Melbourne.

Esta não é a primeira vez que o sérvio encara uma maratona assim, mas isso é fato raro em sua carreira. A última vez que 'Nole' esteve em ação na semana que antecede um Slam foi em 2017, quando foi a Eastbourne testar o cotovelo antes de Wimbledon. Ele até faturou o título do torneio, mas acabou se abandoando nas quartas no All England Club e encerrou o ano mais cedo.

Djokvoic inclusive tem um histórico de jogar pouco antes do Australian Open. Desde 2005, quando fez sua estreia em Melbourne, ele foi direto para o torneio em nove temporadas e somente uma vez encarou uma sequência semelhante à que terá no próximo ano. Em 2009, o sérvio disputou os ATP 250 de Brisbane e Sydney antes de encarar o Slam australiano.

Maratona pode ajudar na briga pelo nº 1

Um dos fatores que pode estimular o tenista de Belgrado a encarar três torneios seguidos logo no começo da temporada é a briga pela liderança do ranking. Atualmente ele está 840 pontos atrás do espanhol Rafael Nadal e terá dificuldades em tirar essa diferença só no Australian Open, já que defende o título e por isso teria que contar com uma queda prematura do rival.

Na estreante ATP Cup, os dois disputarão uma pontuação que pode chegar até os 750 para o campeão do torneio. E ao jogar sozinho o ATP 250 de Adelaide, o sérvio terá a oportunidade de somar ainda mais pontos para tentar destronar Nadal do número 1.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis