Notícias | Dia a dia
Chung quer deixar lesões para trás e voltar ao top 20
15/12/2019 às 11h15

Abu Dhabi (Emirados Árabes) - Nome promissor surgido nos últimos anos, o sul-coreano Hyeon Chung ainda não conseguiu engrenar no circuito da ATP por causa das lesões. Responsável por surpreender o sérvio Novak Djokovic no Australian Open de 2018, o tenista de 23 anos espera superar os problemas físicos e reencontrar seu melhor tênis na próxima temporada.

“Não tive muita sorte nos últimos anos por causa das lesões, mas tudo na pré-temporada correu muito bem. Meu corpo está muito bom agora e estou muito animado por poder começar uma nova temporada na plenitude física. Espero que possa ter regularidade e, pouco a pouco, obter resultados interessantes”, disse Chung em entrevista ao The National.

O sul-coreano participará do Mubadala World Tennis Championship (MWTC), torneio de exibição que acontece na pré-temporada e conta com nomes de peso, como o de Djokovic e do espanhol Rafael Nadal, atual número 1 do mundo e com quem Chung poderá cruzar caso supere a primeira rodada.

“Eu já joguei aqui em Abu Dhabi no ano passado, onde caí nas quartas de final contra Kevin Anderson. Estou muito animado para começar o ano novamente aqui e encarar os melhores jogadores do mundo”, afirmou o atual 129 do mundo, que enfrentaria Daniil Medvedev na estreia, mas terá agora novo rival já que o russo desistiu do evento.

Questionado sobre as metas para 2020, Chung disse priorizar o físico. “Eu não sou uma pessoa de estipular objetivos, mas se eu tivesse que dizer um, acho que seria permanecer bem fisicamente durante toda a temporada. Acredito que assim poderia novamente ter chance de alcançar top 20 mais uma vez”.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis