Notícias | Dia a dia
Federer diz que filhos o ajudam a esquecer derrotas
13/12/2019 às 09h31

Basileia (Suíça) - Apesar do trabalho dobrado, por ser pai e tenista profissional, o suíço Roger Federer sabe que a paternidade tem seu lado positivo. Em entrevista ao Schweizer Illustrierte, o atual número 3 do mundo explicou que a família o ajuda a esquecer mais rápido as derrotas, mesmo aquelas mais doídas.

“Às vezes, quando chego em casa depois de perder um jogo, meus filhos querem saber se estou bem e me perguntam sem filtro: 'Mas pai, por que você perdeu? O outro foi tão bom? Da próxima vez você tem que ganhar'. Em outras ocasiões, depois de ganhar um grande jogo, minhas filhas apenas me dizem: 'Legal, mas agora venha brincar de Lego conosco'”, contou o suíço.

Federer ainda falou que suas duas filhas estão mais interessadas em nadar, andar de bicicleta ou jogar golfe, enquanto seus dois filhos têm mais interesse no tênis, além do futebol. “O que mudou é que agora eu esqueço rapidamente uma derrota particularmente amarga. Hoje, isso dura meia hora. Assim que chego em casa é como se o jogo nunca tivesse acontecido”

Além de pontuar a importância de seus quatro filhos, ele mais uma vez destacou o valor da esposa Mirka. “Dizem que sempre há uma mulher por trás de um homem de sucesso. Eu sou o exemplo perfeito disso. Ela me ajudou a ter mais estabilidade”, afirmou o dono de 20 títulos de Grand Slam.

Por fim, Federer também falou sobre a importância de conseguir ter um dia a dia longe da badalação na Suíça. “Consigo viver uma vida normal com minha esposa e filhos. Não reclamo. Os suíços são, por natureza, muito discretos e isso é algo que ajudou muito”, analisou o tenista de 38 anos.

Comentários
Loja - livros
Suzana Silva