Notícias | Dia a dia
Bob Bryan elogia capacidade de Federer nas duplas
11/12/2019 às 14h36

Nova York (EUA) - Um dos maiores duplistas de todos os tempos, formando com o irmão Mike Bryan a parceria de maior sucesso do circuito, Bob Bryan destacou a capacidade do suíço Roger Federer nas duplas. Os gêmeos norte-americanos inclusive foram superados por Federer em uma importante partida, a semifinal dos Jogos de Pequim em 2008.

“Jogamos contra Federer sete ou oito vezes nas duplas, ele tem um ótimo jogo de quadra inteira, uma transição perfeita para a rede. Seria um cara bom de se ter do meu lado”, falou Bob, que fez sua carreira inteira ao lado do irmão Mike, só se separando em momentos de lesão, como a que o tirou de ação no ano passado.

O canhoto dos irmãos lembrou de como foi passar o segundo semestre de 2019 afastado das quadras. " Naqueles poucos meses em que meu quadril estava machucado, resolvi deixar um pouco isso de lado e fui me divertir. Tirei umas férias, fui para Key West, fizemos algumas coisas que eu não tive a chance de fazer em toda a minha carreira ainda que só por uma semana”, disse.

Mike e Bob enfrentaram Federer sete vezes no circuito, venceram quatro e perderam três. Os norte-americanos se aposentarão após o próximo US Open, anunciando o fim da carreira durante o ATP Finals deste ano. Eles terminaram o ano empatados na 27ª colocação no ranking de duplas e venceram dois títulos, chegando aos 118 da parceria.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis