Notícias | Dia a dia
Jogador passa vergonha e não vence 1 ponto sequer
09/12/2019 às 14h40

Doha (Qatar) - A primeira rodada do quali do future de US$ 15 mil de Doha que acontece nesta semana teve uma das partidas mais bizarras da história do tênis profissional. O ucraniano Artem Bahmet conseguiu não apenas ser derrotado pelo tailandês Krittin Koaykul por duplo 6/0, mas terminou o jogo sem vencer um único ponto sequer.

Demonstrando nível de amador, Bahmet foi dominado pelo cabeça de chave número 8, que venceu todos os 48 pontos da partida e precisou de somente 22 minutos para despachar o rival e se classificar para a última rodada do qualificatório, buscando um lugar na chave principal outro ucraniano, desta vez Denis Milchenko.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis