Notícias | Dia a dia
Djokovic decide levar apenas um treinador por torneio
07/12/2019 às 10h00

Goran Ivanisevic estará com Djokovic em Wimbledon e no US Open

Foto: Arquivo

Belgrado (Sérvia) - O número 2 do mundo Novak Djokovic fará uma mudança na sua equipe para a temporada 2020 e não terá mais a companhia de seus dois treinadores nos torneios que disputar, principalmente os Grand Slam e Masters. Ele optou por dividir Marian Vajda e Goran Ivanisevic nos quatro principais eventos da temporada.

"Novak quer apenas um técnico com ele a cada Slam", revelou o croata Goran Ivanisevic, em entrevista dada ao site sérvio Zurnal. "Assim, eu e Marian (Vajda) chegamos a um acordo. Ele acompanhará Djokovic em Melbourne e Roland Garros e eu, nos outros dois".

O mesmo acontecerá com os demais torneios que Djokovic pretende disputar ao longo da temporada, principalmente os de nível Masters, que hoje são sua prioridade.

"Iremos começar a pré-temporada na segunda-feira em Monte Carlo e no dia 16 seguiremos para jogar o torneio de exibição em Abu Dhabi", contou o treinador. "A partir daí Marian assumirá os treinamentos e o acompanhará em Dubai e no Australian Open". Ivanisevic no entanto estará em Melbourne para disputar o torneio de convidados.

O campeão de Wimbledon de 2001 afirmou que é muito fácil trabalhar com Djokovic, principalmente se comparado a outros jogadores, com Milos Raonic, e a principal diferença é a língua. "Com Milos, tinha de me comunicar em inglês o tempo todo. Ajuda muito quando você tem uma mentalidade e língua parecidas. Não é fácil se expressar em inglês o tempo todo. Novak é um perfeccionista e está sempre a buscar conselhos, a progredir".

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis