Notícias | Dia a dia
Murray lembra como escapou de massacre na escola
30/11/2019 às 09h25

Londres (Inglaterra) - Lançado na última sexta-feira no Amazon Prime, o documentário 'Andy Murray: Resurfacing' conta não apenas o processo de recuperação pela qual passou o ex-número 1 do mundo após as lesões que ameaçavam pôr fim à sua carreira, mas também fala sobre alguns momentos marcantes de sua vida.

Em um dos momentos mais críticos e impactantes, o britânico relembra o dia que escapou de um massacre que aconteceu em sua escola quando tinha apenas 9 anos de idade. Em 13 de maio de 1996, Thomas Hamilton matou 16 crianças e um professor na Dunblane Elementary School. Murray revelou conhecer o assassino e disse ter dividido o carro várias vezes com ele.

Sem conseguir encarar a câmera para reviver o trauma, Murray contou seus relatos através de mensagens de voz para a diretora do documentário Olivia Cappuccini, lembrando que ele e seu irmão Jamie ouviram os tiros antes de chegar às aulas e conseguiram se esconder em um escritório.

"Para todas as crianças que estavam lá, foi difícil por diferentes razões. Principalmente pelo fato de conhecermos o atirador, de irmos ao clube que comandava, de receber caronas para a estação de trem e dividir o carro com ele”, contou Andy sobre o tiroteio em massa mais mortal da história britânica.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis